Voluntário distribuindo agasalhos

Plano Emergencial de Proteção Social – Covid-19

O Plano Emergencial de Proteção Social - Covid-19 foi desenvolvido pela Prefeitura de Porto Alegre para minimizar os efeitos sociais e econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus.

O programa, em operação desde março, amplia os serviços já existentes e cria novos benefícios a cerca de 150 mil famílias vulneráveis da Capital.

Entre as principais metas estão a distribuição de aproximadamente R$ 6,6 milhões pelo novo programa de transferência de renda – o Cartão Social –, 100 mil cestas básicas, 83 mil kits de higiene, 1,8 mil kits bebê e mais de mil vagas de acolhimento e moradia provisória.

O programa é executado a partir da integração de secretarias e órgãos municipais, uma força-tarefa que envolve 800 pessoas. O gerenciamento de entregas é feito por meio de um sistema digital que sincroniza benefícios e serviços. Um total de 115 pontos de contato para assistência social estão com as portas abertas para auxiliar a população vulnerável, além de 133 unidades de saúde e 14 serviços de saúde mental.

O maior desafio é realizar um trabalho profundo e qualificado para localizar, identificar, cadastrar, atender e entender a vida real dos porto-alegrenses que vivem em situação de extrema pobreza e vulnerabilidade.

coronavirus-cartao-social.png

Acompanhe a prefeitura nas redes