Saúde

Retirada de colônias de lagartas da espécie Lonomia obliqua

Coleta exclusiva da colônia de lagartas da espécie Lonomia obliqua (taturanas) pela alta toxicidade dos espécimes.

Após a identificação da colônia, servidores do Núcleo de Vigilância de Roedores e Vetores (NVRV) se deslocam para o local para fazer a retirada dos espécimes e envio para o Centro de Informações Toxicológicas (CIT/RS).

taturana1.jpg   taturana2.jpg

Lagarta taturana (Lonomia obliqua)

Requisitos / Documentos necessários

Envio de e-mail para NVRV, com fotos da colônia de lagarta. Informações sobre o nome do coletor, data e local de coleta e telefone de contato.

 

Formas de Solicitação do Serviço

Através do e-mail: evrv@portoalegre.rs.gov.br.

 

Principais etapas do Serviço

  • Recebimento e triagem de exemplares de lagartas para identificação;
  • Vistoria em área positiva para Lonomia obliqua com o intuito de eliminar a colônia e enviá-la ao Centro de Informações Toxicológicas (CIT/RS);
  • Orientação às comunidades atingidas para prevenção de acidentes.

 

Previsão de Prazo para Realização do Serviço

5 dias úteis.

 

Formas de Prestação do Serviço

Identificação da espécie Lonomia obliqua; após, retirada da colônia.

 

Fontes das imagens: Centro de Informação Toxicológica do RS (foto 01 - PDF); (foto 02 - Link).

 

Atualizado em
12/11/2021