Transporte e Circulação

Treinamento para o 156 qualifica atendimento aos cidadãos

04/02/2020 15:10
Ana Parise/EPTC PMPA
TRANSPORTE E CIRCULAÇÃO
Técnicos puderam se familiarizar com a plataforma e suas funções disponíveis

A Gerência de Relacionamento da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) finalizou na manhã desta terça-feira, 5, o treinamento para aprimorar o atendimento on-line aos cidadãos da Capital pela plataforma do 156. A atividade, direcionada para as gerências das áreas técnicas e operacionais da empresa, teve como foco o módulo de operador de processos, que visa melhorar a comunicação e a transparência com os usuários que informam as demandas da cidade pelo sistema.

Os técnicos tiveram a oportunidade de se familiarizar com a plataforma e suas funções disponíveis. A partir do treinamento, será possível realizar a tramitação das demandas do 156 apenas pelo sistema on-line, e desse modo, os cidadãos poderão acompanhar os seus processos e receber o retorno desejado. 

Angela Marin Araújo, da Gerência do Mobiliário e Sinalização Viária (GMSV), conta que o treinamento vai agilizar muito o andamento das demandas. “Hoje, na nossa gerência, recebemos demandas de várias frentes e, como vimos aqui, atender esses pedidos através da plataforma será muito mais fácil. Nós vamos conseguir reorganizar dentro da própria gerência para que tudo seja tramitado com mais agilidade”.

Chefe de equipe do 118 e ministrante do treinamento, Gerth Luis Revers Wenning explica que a mudança de sistema visa entregar uma maior transparência sobre o trabalho realizado pela EPTC para os cidadãos. “Foi bom para que os técnicos conheçam o sistema, usem e facilitem os processos para a população. Todo mundo está bem receptivo e engajado com a mudança", observa. Segundo Wenning, a utilização da plataforma do 156 vai trazer melhorias para o andamento dos serviços funcionários e mais ainda para cidadãos, que são o foco principal. "Eles poderão acompanhar as suas demandas, e dessa forma, acabar com essa sensação de que seus registros não estão sendo atendidos”, pontua.

 

Estagiária Ana Carolina Parise com supervisão de Gabriela Duarte

Taís Dimer Dihl

Acompanhe a prefeitura nas redes