Executivo

Artigo: Não tem festa, mas tem convite

26/03/2020 12:04

Os eventos, as celebrações e os encontros estão cancelados, mas não é possível suspender o calendário. Porto Alegre completa hoje seus 248 anos enfrentando a mais grave, urgente e coletiva crise sanitária de sua história. E se este é um aniversário diferente, ele também nos ajuda a lembrar que aniversários são a celebração da vida e do desejo de que ela continue a se repetir por muitos e muitos anos. E é com esta visão que estamos trabalhando todos os dias, desde que a ameaça do coronavírus se tornou real e próxima da nossa cidade.

Neste aniversário não vai haver comemoração, mas já houve presente. Ele foi dado por cada porto-alegrense que está em casa desde que iniciamos o movimento de isolamento social, que é, comprovadamente, a única forma eficiente de diminuir a curva de contágio do vírus. É uma medida drástica, antipática e com sérios efeitos econômicos, mas é aquela que o mundo inteiro está adotando para enfrentar uma crise complexa, dinâmica, veloz e brutal. A maioria dos nossos cidadãos e cidadãs compreendeu isso e está presenteando nossa cidade com esse gesto de colaboração, respeito, empatia e humanidade. 

Neste aniversário não vai haver velinhas no bolo, mas já houve aplausos. Eles aconteceram bem no início da nossa semana de aniversário, direcionados aos nossos profissionais de saúde, da rede pública e privada, que estão na linha de frente de combate à covid-19. Ao lado deles, um sem-número de outros profissionais, dos garis aos caixas de supermercado, da Guarda Municipal aos produtores de alimentos, dos servidores públicos aos bancários, nos ajudam a enfrentar este momento com a certeza de que não estamos sozinhos em nossas casas, porque estamos todos unidos na mesma atitude de solidariedade ao outro. A eles, o meu muito obrigado e meu pedido para que continuem a nos ajudar a proteger nossa população. 

Neste aniversário não vai haver festa, mas há um convite: continue em casa. Especialmente se você tem mais de 60 anos. Cuide de você e dos que você ama. Não menospreze o tamanho da crise, não desconsidere o esforço de quem está na rua para que você possa ficar em casa. Se todos nós fizermos a parte que nos cabe agora, todos nós vamos comemorar juntos muitos anos de vida depois. Parabéns a você, amada Porto Alegre.

Nelson Marchezan Júnior
Prefeito Municipal de Porto Alegre


*Artigo originalmente publicado em Zero Hora de 26 de março de 2020.
 

 

Fabiana Kloeckner

Acompanhe a prefeitura nas redes