Conselho avalia cenário da pandemia da Covid-19 em reunião semanal

05/03/2021 16:00

Integrantes do Conselho Multissetorial para o Enfrentamento à Covid-19 (Comue-Covid) se reuniram por videoconferência, na tarde desta sexta-feira, 5, para analisar o cenário da pandemia em Porto Alegre. A equipe técnica da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) apresentou os dados epidemiológicos e de vacinação. Mais cedo, em live pelas redes sociais, o prefeito Sebastião Melo anunciou o reforço de mais 100 leitos clínicos e abertura de 12 unidades de saúde neste fim de semana para aliviar a pressão sobre as emergências dos pronto-atendimentos.

O diretor de Vigilância em Saúde do Município, Fernando Ritter, afirma que o momento é difícil e que está confirmada a transmissão comunitária da P1 em Porto Alegre e no Estado. Segundo dados da Atenção Hospitalar da Secretaria Municipal de Saúde, na tarde desta sexta-feira, 5, a ocupação de leitos de UTI nos hospitais públicos e privados estava em 104,95%, sendo 71% utilizados por pacientes confirmados de Covid-19. A Capital abriu nos últimos 30 dias 154 leitos de UTI. Para leitos clínicos, são quase 484 novas vagas desde em fevereiro.

“Os números mostram que a situação é preocupante, um cenário nunca antes imaginado”, diz Ritter. Ele reforça a necessidade da população respeitar e cumprir os protocolos sanitários, como uso de máscara, higienização de mãos e distanciamento social.

Vacinas - O secretário extraordinário de Enfrentamento da Covid-19, Cesar Sulzbach, destaca que Porto Alegre aderiu ao Consórcio da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) para viabilizar a compra da vacina russa Sputnik V. “Queremos complementar o Plano Nacional de Vacinação com essa compra. Estamos empenhados em adquirir doses para nossa cidade”, afirma o secretário.

Na última quarta-feira, 3, a Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei do Executivo (PLE), que dispõe sobre a aquisição de vacinas de comprovada eficiência contra o coronavírus. Também poderão ser adquiridos insumos, bens e serviços de logística, tecnologia da informação e comunicação, comunicação social e publicitária e de treinamentos.

Desde o início da imunização, Porto Alegre já aplicou mais de 140 mil doses contra a Covid-19, incluindo todos os grupos prioritários. 

 

Lissandra Mendonça

Fabiana Kloeckner