Melo trata com a Caixa de impasses do Cine Imperial e Olímpico

20/04/2023 15:28
Mateus Raugust/PMPA
EXECUTIVO
Em Bras√≠lia, prefeito abordou a necessidade de solu√ß√Ķes para o abandono do est√°dio e as obras no pr√©dio do cinema

No roteiro em Bras√≠lia nesta quinta-feira, 20, o prefeito Sebasti√£o Melo reuniu-se com a dire√ß√£o da Caixa Econ√īmica Federal para tratar de dois temas importantes para o desenvolvimento de Porto Alegre. Com o superintendente nacional do banco, Jos√© R√īmulo, o prefeito conversou sobre a necessidade de solu√ß√Ķes para os impasses envolvendo o rein√≠cio das obras do Cine Imperial e o abandono do Est√°dio Ol√≠mpico.

Melo pediu celeridade √† Caixa para retomar o processo de revitaliza√ß√£o do Cine Imperial, tradicional cart√£o-portal do Centro Hist√≥rico, situado na Rua dos Andradas, em frente √† Pra√ßa da Alf√Ęndega. "As empresas vencedoras n√£o apresentaram os documentos e requisitos necess√°rios para assinar contrato e precisamos de uma nova licita√ß√£o", explica o prefeito.

O contrato do banco com a prefeitura para recuperar o Imperial é uma demanda de 2004. Desde o início da gestão, em janeiro de 2021, a prefeitura busca uma solução para o espaço voltar a oferecer cultura de qualidade aos porto-alegrenses. As obras foram paralisadas em setembro de 2017. As melhorias são contrapartida da instalação do Conjunto Cultural da Caixa nos primeiros andares do prédio.

Est√°dio Ol√≠mpico - Melo tamb√©m manifestou que √© de interesse da cidade chegar a um consenso, junto com o Gr√™mio, a construtora OAS e poss√≠veis investidores, para a demoli√ß√£o do est√°dio. "Temos que encontrar uma governan√ßa para acelerar este processo. Ainda n√£o pedi √† C√Ęmara Municipal para votar o projeto de lei esperando que haja uma negocia√ß√£o proveitosa √† cidade. Se isso n√£o acontecer, vou levar o projeto √† vota√ß√£o porque a situa√ß√£o n√£o pode continuar como est√°", defende.

No ano passado, o prefeito entregou projeto de lei para definir prazo de um ano √†s interven√ß√Ķes na Arena do Gr√™mio e no local do antigo est√°dio Ol√≠mpico. A proposta √© mais uma medida adotada pela prefeitura para buscar o cumprimento das contrapartidas assumidas com a cidade. Se aprovado pelos vereadores, os propriet√°rios ter√£o prazo de um ano para validar, junto ao Munic√≠pio, o cronograma de execu√ß√£o de todas as medidas compensat√≥rias, mitigat√≥rias e contrapartidas urban√≠sticas envolvendo a constru√ß√£o da Arena. E, no √Ęmbito do Ol√≠mpico, cuja situa√ß√£o jur√≠dica envolve o Gr√™mio e a empresa Karagounis (parceira da OAS), aprovar o parcelamento do solo da √°rea e iniciar sua demoli√ß√£o.

Roteiro - Na sequência, o prefeito reuniu-se com o secretário do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda, Rogério Ceron, para falar da tramitação de contratos nacionais e internacionais em negociação pelo município (fotos). Na tarde desta quinta, ele ainda tem reunião marcada com a Secretaria-Executiva do Ministério dos Transportes sobre a retomada das obras de conclusão da segunda ponte do Guaíba.

De sexta, 21, a domingo, 23, ele estar√° de f√©rias para visitar a m√£e em Piracanjuba (Goi√°s) sem √īnus ao Munic√≠pio. O vice-prefeito Ricardo Gomes ser√° o prefeito em exerc√≠cio at√© domingo, quando Melo retorna a Porto Alegre.

  

Gonçalo Valduga

Gilmar Martins