Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Fazenda

Capacitação em Licitações e Contratos reúne servidores

04/10/2019 10:30
Luciano Lanes/PMPA
FAZENDA
Novos encontros estão previstos para os dias 9, 17 e 22

Alinhada às ações do governo municipal, a Superintendência de Licitações e Contratos (SLC), órgão vinculado à Secretaria Municipal da Fazenda (SMF), vem desenvolvendo ações para ampliar e qualificar os processos licitatórios do Município. Na quinta-feira, 3, foi realizado o curso de capacitação Licitações: Fluxos e Procedimentos, que contou com a participação de 80 servidores de todas as secretarias e órgão municipais. Novos encontros estão previstos para os dias 9, 17 e 22, com conteúdos que abordam licitações para aquisição de materiais e contratação de serviços comuns; licitações para contratações de obras e serviços de engenharia; renovações e aditivos contratuais e solicitação de cadastro de materiais.

De acordo com o secretário adjunto da Fazenda, Rogério Rios, o objetivo é promover uma grande integração técnica. “A SLC trabalha com os processos encaminhados pelas áreas das secretarias demandantes, buscando sempre o melhor resultado em termos de agilidade, qualidade e economia nas licitações. Seguimos a diretriz da gestão municipal, que é pesquisar, estudar, fiscalizar e aperfeiçoar o planejamento, de forma que o município possa fazer ótimos contratos, e publicar excelentes editais para contratar junto à iniciativa privada”, enfatiza o secretário.

Procedimentos licitatórios - Responsável pela condução técnica dos processos licitatórios e de contratos, a SLC também realiza, gerencia e acompanha os procedimentos licitatórios específicos das áreas afetadas aos programas estruturantes e projetos prioritários de governo. De acordo com o superintendente de Licitações e Contratos, José Otávio Ferreira Ferraz, “a maior abrangência no trabalho realizado pela prefeitura, e a agilidade nos processos têm permitido uma economia em média de 22% para os cofres municipais, sempre observando rigorosamente os critérios de qualidade”, afirma.

  

 

Adriana Ferrás

Taís Dimer Dihl

Acompanhe a prefeitura nas redes