Saúde

Campanha de vacinação contra paralisia infantil segue até sexta nas unidades de saúde da Capital

28/10/2020 08:30
Anselmo Cunha/PMPA
SAÚDE
Iideia é imunizar crianças de 12 meses a menores de cinco anos

Pais ou responsáveis devem procurar as unidades de saúde durante a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação, que vai até sexta-feira, 30. A ideia é imunizar crianças de 12 meses a menores de cinco anos com uma dose extra das gotinhas e atualizar a caderneta de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade. 

Do dia 5 até a última sexta-feira, 23, foram aplicadas em Porto Alegre 19.526 doses contra a pólio, de acordo com o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI). O dado corresponde a 30% da meta de vacinar 61.784 crianças contra a poliomielite, 95% do total de 65.036 crianças de 12 meses a menores de 5 anos na Capital.

Com relação à atualização da caderneta, foram aplicadas 41.974 doses das demais vacinas, conforme dados do E-SUS. Os números são parciais e sujeitos à revisão. Com a multivacinação, a ideia é garantir a proteção contra diversas doenças imunopreveníveis e melhorar as coberturas vacinais. Por isso, é muito importante procurar uma unidade de saúde. Estão disponíveis doses do Calendário Nacional de Vacinação, de acordo com a idade e situação vacinal. 

Vacinação de crianças - Hepatite B; Poliomielite 1, 2, 3; Poliomielite 1 e 3; Rotavírus humano G1P1; DTP+Hib+HB; Pneumocócica 10 valente; Meningocócica C; Febre Amarela; Sarampo, Caxumba e Rubéola; Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela; Hepatite A; BCG*; Difteria, Tétano, Pertussis; Difteria, Tétano; Papilomavírus humano; Varicela; Pneumocócica 23-valente, vacina indicada para população indígena a partir dos cinco anos de idade. *A vacina BCG é aplicada nas maternidades e em unidades de saúde de referência.

Vacinação de adolescentes - Hepatite B; Difteria, Tétano; Febre Amarela; Sarampo, Caxumba e Rubéola; Papilomavírus humano; Meningocócica ACWY; Pneumocócica 23-valente, vacina indicada para população indígena.

Em Porto Alegre, as unidades de saúde da Atenção Primária estão engajadas na campanha. Consulte este link e confira a lista de postos de saúde.

 

Vanessa Conte

Taís Dimer Dihl

coronavirus-cartao-social.png

Acompanhe a prefeitura nas redes