Bota-Fora coleta 30 toneladas de resíduos em novembro

04/12/2023 09:22
Alex Rocha/PMPA
SERVIÇOS URBANOS
Bota-Fora atende mais de 200 comunidades em vulnerabilidade social

O projeto Bota-Fora coletou 30 toneladas de resíduos no mês de novembro. Foram atendidas 39 comunidades de diferentes bairros. O trabalho é realizado pelas equipes do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), órgão que integra a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Smsurb).

O serviço auxilia a população no descarte correto de objetos volumosos não recolhidos pelas coletas domiciliares da prefeitura, como eletrodomésticos, móveis quebrados e colchões. Isso evita que material depositado irregularmente obstrua arroios, bocas de lobo e cause alagamentos. O projeto atende regiões em situação de vulnerabilidade social, beneficiando cerca de 200 comunidades.

“O Bota-Fora oportuniza o descarte correto de materiais que poderiam formar focos irregulares de lixo. Seguiremos vigilantes e fiscalizadores dos serviços prestados à população, com atenção na zeladoria da cidade”, ressalta o secretário municipal de Serviços Urbanos, Marcos Felipi Garcia.

O diretor-geral do DMLU, Paulo Marques, enfatiza a disposição correta de resíduos, lembrando o compromisso social da população. “O cidadão é peça-chave no combate ao descarte irregular. Se cada um tiver a consciência de que todos os materiais têm um lugar apropriado para serem entregues e que possuem valor financeiro se encaminhados para reciclagem ou reaproveitamento, poderemos construir um futuro melhor para nossa cidade e contribuir, até mesmo, com a geração de renda de quem vive da triagem dos resíduos", explica.

A recomendação aos moradores dos pontos atendidos é que os materiais sejam colocados em frente às residências na noite anterior ou até as 7h30 do dia do Bota-Fora. A divulgação é feita por meio de cartazes afixados em unidades de saúde, mercados, escolas, bares e associações de bairros.

Unidades de Destino Certo - Além do Bota-Fora, a população pode utilizar, gratuitamente, as Unidades de Destino Certo (UDC) do DMLU para se desfazer de objetos que não entram nas coletas regulares. Essas unidades são popularmente conhecidas como Ecopontos e estão distribuídas por várias regiões da cidade. Para informações sobre localização das UDCs, clique aqui. Para consultar as próximas comunidades a serem atendidas pelo segundo ciclo do Bota-fora em 2023, acesse este link.

Coletas do Bota-Fora no segundo ciclo de 2023:
Julho - 29,17 toneladas recolhidas em 31 comunidades
Agosto - 90 toneladas recolhidas em 51 comunidades
Setembro - 28,94 toneladas recolhidas em 41 comunidades
Outubro – 34,55 toneladas recolhidas em 40 comunidades
Novembro – 30 toneladas recolhidas em 39 comunidades

 

  

 

 

Adriana Machado

Lissandra Mendonça