Bota-Fora coleta 72 toneladas de resíduos em abril

04/05/2023 09:31
Alex Rocha/PMPA
SERVIÇOS URBANOS
Foram atendidas 42 comunidades de diferentes bairros

O projeto Bota-Fora coletou 72 toneladas de resíduos em abril. Foram atendidas 42 comunidades de diferentes bairros. O trabalho é realizado pelas equipes do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), órgão que integra a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Smsurb).

O servi√ßo auxilia a popula√ß√£o no descarte correto de objetos volumosos n√£o recolhidos pelas coletas domiciliares da prefeitura, como eletrodom√©sticos, m√≥veis quebrados e colch√Ķes. Isso evita que material descartado irregularmente obstrua arroios, bocas de lobo e cause alagamentos. O projeto atende regi√Ķes em situa√ß√£o de vulnerabilidade social, beneficiando cerca de 200 comunidades.

‚ÄúO Bota-Fora oportuniza o descarte correto de materiais que poderiam formar focos irregulares de lixo. Seguiremos vigilantes e fiscalizadores dos servi√ßos prestados √† popula√ß√£o, com aten√ß√£o na zeladoria da cidade‚ÄĚ, ressalta o secret√°rio municipal de Servi√ßos Urbanos, Marcos Felipi Garcia.

O diretor-geral do DMLU, Paulo Marques, enfatiza a disposição correta de resíduos, lembrando o compromisso social da população. “O cidadão é peça-chave no combate ao descarte irregular. Se cada um tiver a consciência de que todos os materiais têm um lugar apropriado para serem entregues e que possuem valor financeiro se encaminhados para reciclagem ou reaproveitamento, poderemos construir um futuro melhor para nossa cidade e contribuir, até mesmo, com a geração de renda de quem vive da triagem dos resíduos", explica.

A recomenda√ß√£o aos moradores dos pontos atendidos √© que os materiais sejam colocados em frente √†s resid√™ncias na noite anterior ou at√© as 7h30 do dia do Bota-Fora. A divulga√ß√£o √© feita por meio de cartazes afixados em unidades de sa√ļde, mercados, escolas, bares e associa√ß√Ķes de bairros.

Unidades de Destino Certo¬†- Al√©m do Bota-Fora, a popula√ß√£o pode utilizar, gratuitamente, as Unidades de Destino Certo (UDC) do DMLU para se desfazer de objetos que n√£o entram nas coletas regulares. Essas unidades s√£o popularmente conhecidas como Ecopontos e est√£o distribu√≠das por v√°rias regi√Ķes da cidade. Para informa√ß√Ķes sobre localiza√ß√£o das UDCs,¬†clique aqui.

A gente vive, a gente cuida¬†- √Č um movimento que convida a popula√ß√£o a manter a cidade limpa e cuidar dos espa√ßos p√ļblicos. Avan√ßos importantes na zeladoria foram conquistados, mas ainda h√° muitos desafios para fazer de Porto Alegre uma cidade melhor para se viver. Coordenada pelo Gabinete de Comunica√ß√£o Social (GCS) da prefeitura, a iniciativa tem dura√ß√£o de 30 meses. Assista¬†ao v√≠deo da campanha.

 

 

Adriana Machado

Andrea Brasil