Abrigo Marlene completa 28 anos de acolhimento institucional

29/11/2023 16:35
Evelize Fabricio/FASC/ PMPA
FASC
Equipe da Fasc organizou uma roda de conversa para marcar a data

O Abrigo Municipal Marlene completa 28 anos de história no acolhimento institucional da Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc). No início, recebeu famílias em situação de vulnerabilidades e, atualmente, as equipes acompanham a população adulta em situação de rua: homens, mulheres e LGBTQIA+. Para marcar a data, a equipe organizou uma roda de conversa nessa terça-feira, 28, com a participação de profissionais da assistência social. O Abrigo Marlene acolhe 50 moradores. Em 2023, mais de 450 pessoas já passaram pelo local.

Maria Delamar da Silva Flores, 47 anos, é moradora do abrigo desde antes do início da pandemia, saiu por um breve período e retornou recentemente. “Da mesma forma que me receberam antes da pandemia me receberam agora no retorno. Eu saí e precisei voltar. Sou muito grata ao Abrigo Marlene pela oportunidade que me concederam”.

“Parabéns aos colaboradores do Abrigo Marlene por manter um dos espaços próprios do Município por 28 anos, construindo planos de vida e oportunizando espaço de crescimento a essas pessoas”, disse o presidente da Fasc, Cristiano Roratto

O abrigo conta com equipe multidisciplinar para atender e acompanhar a população adulta em situação de rua que necessita de proteção integral. Com atendimento 24 horas, o ingresso ocorre a partir do Núcleo de Acolhimento da Fasc, encaminhado pelas equipes de abordagens sociais, Centros de Atenção Psicossociais (CAPs) e hospitais.

 

Evelize Fabricio

Gilmar Martins