Executivo

Fiscalização interdita depósito ilegal com 3,6 mil produtos sem procedência

27/07/2020 18:12
Juliane Soska/SMDE PMPA
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
Foram encontrados 2,6 mil pares de tênis e sandálias e aproximadamente mil peças de roupas

O Escritório de Fiscalização desmontou na tarde desta segunda-feira, 27, um depósito de calçados e artigos de vestuário sem procedência na avenida Júlio de Castilhos, no Centro Histórico. Ao todo, foram encontrados 2,6 mil pares de tênis e sandálias e aproximadamente mil peças de roupas, como bermudas, moletons e lingeries. A ação integrada contra o comércio ilegal foi conduzida pela Delegacia do Consumidor, com apoio da Diretoria de Fiscalização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), Brigada Militar, Procon Porto Alegre e Guarda Municipal.

Os proprietários não apresentaram alvará de localização e funcionamento, bem como as notas fiscais dos produtos. Por este motivo, o depósito foi lacrado e interditado. As mercadorias vão passar por análise de perícia técnica especializada para aferir a procedência das marcas. Caso seja comprovada a falsificação, o material será apreendido e encaminhado para a Receita Federal para destruição. O responsável pelo endereço foi conduzido para a Delegacia do Consumidor para registro de ocorrência.

Juliane Soska

Gilmar Martins

Acompanhe a prefeitura nas redes