Melo debate na Câmara ações de combate à pandemia e para transporte público

22/02/2021 19:09
Cesar Lopes/PMPA
EXECUTIVO
Prefeito participou da sessão plenária do Legislativo desta segunda-feira

Ao participar da sessão plenária na Câmara Municipal, nesta segunda-feira, 22, o prefeito Sebastião Melo debateu com os vereadores o atual cenário da pandemia em Porto Alegre e alternativas para a mobilidade urbana. O prefeito esteve acompanhado de um grupo de secretários municipais. Destacou o empenho para ampliar a campanha de vacinação e a abertura de novos leitos hospitalares. Também falou sobre as diferentes ações de combate ao coronavírus que vêm sendo adotadas e reiterou a importância de Porto Alegre ter permanecido com o sistema de cogestão junto ao governo estadual, para ter autonomia na decisão de medidas específicas de enfrentamento à pandemia. 

“O momento que estamos vivendo é grave e requer de todos nós muita responsabilidade e equilíbrio. Estamos estudando um pedido para compra de vacinas, e sei que a Câmara será parceira. Além disso, estarei pressionando o governo federal para aquisição de novas doses. Não mediremos esforços para abrir novos leitos e obter vacinas”, afirmou Melo. 

Cesar Lopes/PMPA
EXECUTIVO
Presidente da Câmara devolveu à prefeitura R$ 778 mil, economizados do valor referente ao duodécimo

Transporte - Sobre mobilidade urbana, o valor da passagem de ônibus pautou o debate. Melo defendeu a repactuação do sistema de transporte público, mencionou as isenções de pagamento de passagens concedidas a cerca de 30% dos usuários e falou ainda sobre a discussão que envolve a permanência ou não de cobradores e alternativas para linhas específicas.

“O sistema de transporte está colapsado. Hoje, existem três aspectos impostos pelo sistema, que são aporte de dinheiro público, diminuição do uso do serviço e aumento no preço da passagem. Os remédios para isso são amargos e serão debatidos com a Câmara”, ressaltou.

Finanças  - O prefeito também recebeu do presidente da Câmara Municipal, vereador Márcio Bins Ely, a quantia de R$ 778 mil, que foi economizada pelo parlamento da verba do duodécimo, valor repassado mensalmente pelo Executivo ao Legislativo. Devido à contenção de gastos pela Câmara, o montante volta para a prefeitura.

A agenda na Câmara Municipal contou com a presença dos secretários municipais de Mobilidade Urbana, Luiz Fernando Záchia; de Governança Local e Coordenação Política, Cassio Trogildo; da secretária adjunta da Saúde, Ana Carolina dal Ben; e do diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Paulo Ramires.

  

 

Lucas Rivas

Rui Felten