Melo inicia agendas de diálogo com a Câmara Municipal

11/01/2021 17:29
Mateus Raugust/PMPA
EXECUTIVO
"Queremos abrir linha direta com os vereadores, inclusive da oposição", diz prefeito

O prefeito Sebastião Melo fez visitas de cortesia, nesta segunda-feira, 11, na Câmara Municipal. A primeira foi ao presidente, Márcio Bins Ely, com quem tratou de temas importantes para a cidade, como o projeto da reforma da previdência, renovação da isenção da tarifa social do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) e quebra de monopólio da Procempa. As reuniões seguintes foram com as bancadas do PCdoB e do PSOL, que compõem a oposição ao governo. Nesta terça-feira, 12, Melo visita a bancada do PT.

“Queremos abrir uma linha direta com os vereadores, inclusive da oposição. As demandas deles são legítimas. A eleição acabou, e agora precisamos tocar as pautas da cidade com todos os eleitos pelo povo”, disse o prefeito.

Ao presidente da Casa, o prefeito reiterou a necessidade de levar à votação projetos já enfrentados em âmbito federal e estadual, como a reforma da previdência, que precisam ser discutidos também na Capital. Deve ser levado à votação nos próximos dias um projeto para que a prefeitura possa fazer licitação para compra de produtos que hoje são adquiridos necessariamente da Procempa. A autarquia poderá concorrer ao certame com as mesmas regras das empresas privadas. O terceiro projeto a ser enviado  trata da renovação da isenção da tarifa social do Dmae.

Soluções para enfrentar a crise do transporte coletivo, como suspensão de isenções indiscriminadas, volta às aulas e enfrentamento à pandemia foram as principais pautas debatidas com as bancadas do PCdoB e PSOL. O prefeito disse concordar que os pais que desejarem não enviem os filhos à escola, mas reiterou a necessidade de manter as aulas presenciais para aqueles que precisam. “As escolas são muito mais seguras que muitas casas em comunidades, sem nenhuma estrutura adequada”, observou.

O secretário municipal de Governança Local e Coordenação Política, Cassio Trogildo, e o líder do Governo na Câmara, Idenir Cecchim, participaram das reuniões.

 

Elisandra Borba

Rui Felten