Prefeito e governador vistoriam estragos das chuvas na Vila dos Sargentos

28/09/2023 16:22
Alex Rocha/PMPA
EXECUTIVO
Regi√£o concentra oito das 142 √°reas de risco mapeadas em Porto Alegre

Nesta quinta-feira, 28, o prefeito Sebastião Melo vistoriou os estragos deixados pelas fortes chuvas na Vila dos Sargentos, na Zona Sul, acompanhado pelo governador Eduardo Leite. A comitiva contou com as presenças de secretários municipais e estaduais, além de equipes da Defesa Civil de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul.

Com popula√ß√£o de 2,9 mil pessoas, a regi√£o foi uma das mais prejudicadas pelos temporais que atingiram a Capital em setembro, considerado o m√™s mais chuvoso desde 1916, quando come√ßaram as medi√ß√Ķes oficiais do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). No local, tamb√©m est√£o oito das 142 √°reas de risco mapeadas em Porto Alegre.

"As √°reas de risco s√£o um enorme desafio para os gestores p√ļblicos. S√£o tempos de muita dificuldade, mas estamos fazendo uma governan√ßa resolutiva para prestar assist√™ncia e ajudar estas fam√≠lias que perderam o pouco que tinham a se reerguer o mais r√°pido poss√≠vel. √Č momento de trabalharmos coletivamente para reconstruir a cidade e ajudar aqueles que mais precisam" ‚Äď Prefeito Sebasti√£o Melo.

Antes de iniciar a caminhada pelas ruas e ouvirem os moradores da comunidade, o prefeito e o governador sobrevoaram de helic√≥ptero os locais mais atingidos pelas cheias. "Porto Alegre teve v√°rias √°reas afetadas pela chuva, sobrevoamos estes locais, tamb√©m tivemos a oportunidade de conversar com as pessoas e ver de perto a situa√ß√£o. O governo do Estado est√° mobilizado para dar o apoio humanit√°rio e econ√īmico necess√°rio para a popula√ß√£o neste momento", ressaltou Leite.

Recupera√ß√£o emergencial e aux√≠lio humanit√°rio - Durante a manh√£, Melo esteve na C√Ęmara Municipal para entregar o projeto de lei que cria o Programa Municipal de Recupera√ß√£o Emergencial e Aux√≠lio Humanit√°rio. A proposta busca amenizar os danos √† popula√ß√£o atingida por situa√ß√Ķes de emerg√™ncia ou calamidade p√ļblica em raz√£o das cheias com cinco medidas emergenciais e investimento inicial de R$ 20 milh√Ķes.

 

Manuela Kuhn

Cristiano Vieira