Cultura de Porto Alegre perde o ex-Rei Momo Frota Jr.

07/04/2021 09:45
João Fiorin / Arquivo PMPA
CULTURA
Frotinha, como era chamado pelos amigos, foi anfitrião e o dono das chaves da festa popular da Capital entre 2001 e 2008

Porto Alegre perdeu nessa terça-feira, 6, um dos personagens mais queridos do Carnaval e da cidade. O ex-Rei Momo, Otávio Frota Júnior, 46 anos, morreu atropelado na manhã dessa terça em São Leopoldo, na região do Vale do Rio dos Sinos. Frotinha, como era carinhosamente chamado pelos amigos, foi anfitrião e o dono das chaves da festa popular de Porto Alegre entre 2001 e 2008.

Em nome da Secretaria Municipal de Cultura, o secretário Günter Axt e o secretário-adjunto Clóvis André lamentam imensamente o falecimento do produtor musical que dedicou sua vida com inestimável contribuição para a cultura gaúcha. “Hoje não perdemos apenas um Rei Momo, mas uma das referências das manifestações populares, um autêntico sambista que trabalhou em vários segmentos das artes”, recorda Clóvis André. 

Axt lamenta a ida precoce de Frotinha. “Perdemos uma grande personalidade. Ele comandou a maior festa da cultura popular com paixão e dedicação por sete anos. Foi colaborador e funcionário da SMC, sempre zeloso e incansável para defender a qualificação dos desfiles das escolas de samba. Nossa gratidão por tudo que fizestes em vida e pelo legado de amor que deixastes pela cultura.” 

Muitas personalidades da música e da comunidade artística e carnavalesca prestaram homenagens ao querido amigo.  

 

Andrea Brasil