Cultura

Dia da Consciência Negra terá programação cultural especial a partir desta quinta

12/11/2020 08:23
Joel Vargas/Arquivo PMPA
Dia da Consciência Negra
Cultura musical de Porto Alegre está entre os temas debatidos na programação

A Secretaria Municipal da Cultura (SMC) preparou programação cultural especial em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado no dia 20. Entre os destaques das ações estão mesas de debate, saraus, mostras de arte, cinema, literatura e música. A programação começa nesta quinta-feira, 12, e segue até 4 de dezembro. As atividades são virtuais e gratuitas.  

O dia 20 de novembro celebra a memória de Zumbi dos Palmares, herói nacional e ícone da resistência negra à escravidão.

Programação:

- Quinta-feira 12, 18h - Festival Hip Hop  

As atividades começam na data em que se comemora o Dia Internacional do Hip Hop, movimento genuinamente negro, iniciado por jovens de periferia nos Estados Unidos. O coletivo Hip Hop Porto Alegre, em parceria com a Coordenação de Música (CM) da SMC, realiza o Festival Hip Hop, com shows de RNB, Negra Daia, Us Manos, Às,  Zé da Fé, Grupo Cultural Estilo Afro, Gangster e Negro Moura.  

Em formato híbrido, virtual e físico, o festival terá um pequeno grupo de convidados no Teatro Renascença e será transmitido para o público pela página do Facebook da Coordenação de Música.

- Sexta-feira, 13, 18h  - Conversas Antirracistas - Mulheres Negras em Tempo de Pandemia 

Mediação- Pryscilla Brendler Dornelles (SMC)

Entrevistada - Líbia Suzana Garcia da Silva,  Procuradora Municipal de Porto Alegre, 

Coordenadora do GT Antirracismo da Comissão da Mulher Advogada da OAB/RS, Secretária-Geral e Coordenadora do GT Igualdade Racial da Comissão da Mulher da ABA/RS e Coordenadora do GT Saúde da População Negra da Comissão de Direito à Saúde da ABA/RS.

Transmissão pela plataforma Zoom, através deste link.

- Terça-feira, 17, 19h - Projeto Universidade Aberta - Retrato da Literatura Quando Negra

Coordenador de Literatura e Humanidades, Sergius Gonzaga, conversa com Roberta Fores Pedroso, escritora e doutora em Letras. 

Transmissão pelo Facebook da Coordenação de Literatura e Humanidades

- De domingo, 15, a segunda-feira, 30 - Exposição Virtual - Escritoras Negras em Destaque

A exposição Escritoras Negras em Destaque ganha edição digital dentro do Projeto Desarquivando, do Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho (AHPAMV). A mostra exalta o protagonismo das mulheres negras na área cultural da cidade e seus arredores. A partir das histórias e principais obras de uma seleção de escritoras negras, a exposição traz um novo olhar para seus trabalhos e suas vidas.

Apresentação das obras das escritoras Ana dos Santos, Taiasmim Ohmacht, Lilian Rocha, Fátima Farias, Delma Gonçalves, Carolina Maria de Jesus e Maria Firmina dos Reis.  Exposição disponível neste link

- Quarta-feira, 18, 15h - Lançamento do documentário Bailados Periféricos 

O documentário conta a trajetória do projeto de dança realizado na periferia de Porto Alegre, coordenado pela coreógrafa e professora negra Vanessa Rodrigues, responsável nos últimos 15 anos pela formação e representatividade de jovens negros na vila Cruzeiro.  

Quatro episódios exibidos na página do Centro Municipal de Dança no Facebook.

- 19h -  Sarau Virtual Poetas Vivos 

O coletivo Poetas Vivos é uma iniciativa afrocentrada que abrange poetas, grafiteiros, dançarinos, DJs e atores, que têm a poesia como guia. Os artistas apresentam intervenções em bares, restaurantes, escolas, universidades e casas noturnas. 

Transmissão  pela página da Coordenação de Música no Facebook

- Quinta-feira, 19 - Atividade Comunitária

Distribuição do livro Infância Sem racismo, da escritora Aline Nêglia, em três comunidades da capital. A ação ocorre na ONG Misturaí, na Vila Planetário, na Cohab Cavalhada e na Biblioteca Aghata Felix, no Condomínio Princesa Isabel.  

Ação em parceria com a Unidade de Direitos de Promoção da Igualdade Racial (UDPIR) com o objetivo de alertar sobre os impactos do racismo na infância e adolescência. 

- 16h – Lançamento da exposição Prefiro Crespo: Estética e empoderamento na história da cidade 

Live no perfil do Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo, no Instagram.

- 18h -  Conversas Antirracistas -  Infância Sem Racismo

Relato de experiência sobre ações através da arte e da educação para uma sociedade antirracista.

Mediação - Negra Jaque (SMC) e Silvana Cardoso (UDPIR)

Convidadas: 

Dedy Ricard, mulher negra, mãe, atriz e professora de teatro. Formou-se em Licenciatura em Teatro pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul. Possui mestrado e é doutoranda em educação, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É atriz integrante da usina do trabalho do ator, grupo que completa em 2019, 27 anos de trabalho na capital gaúcha. Atua como professora de teatro no Núcleo de Educação das Relações Étnico – Raciais da Secretaria Municipal da Educação de São Leopoldo, onde desenvolve o projeto “O cultivo de referências negras para criação teatral”. É integrante do Coletivo Atinuké, que estuda o pensamento das mulheres negras.

Aline Nêglia, autora do Livro Infância Sem Racismo.

- Sexta-feira, 20, 18h - Festival da Música Negra Zilá Machado 

Com a participação de Valeria Barcellos, Afroentes, Grupo de Choro Villa- Lobos, Glau Barros  e Denizele Cardoso.  

Em formato híbrido,  virtual e físico,  o Festival terá uma pequeno público de convidados e será transmitido do Teatro Renascença através da página do Facebook da Coordenação de Música.

Novembro - Cinema: 

A Coordenação de Cinema e Audiovisual irá homenagear Odilon Lopez (1941-2002) ao longo do mês de novembro. Jornalista, escritor, ator e cineasta, Odilon Lopez foi o primeiro diretor de cinema negro a produzir um longa-metragem de ficção no Rio Grande do Sul, Um é Pouco, Dois é Bom (1970), que em novembro comemora o seu 50º aniversário de lançamento. 

Três atividades estão na programação: 

- Lançamento da versão digitalizada de uma rara entrevista concedida por Odilon Lopez em 1995 ao projeto Persona Grata, produzido à época pela Secretaria Municipal da Cultura.  

- Realização de um debate virtual com especialistas sobre o legado de Odilon Lopez para o cinema brasileiro.  

- Lançamento de reproduções do pôster original do filme Um é Pouco, Dois é Bom, peça gráfica depositada no acervo da Cinemateca Capitólio, em ação integrada ao projeto Noite dos Museus. 

A programação estará disponível na página do Facebook da Cinemateca Capitólio

- Terça-feira, 24, 19h  - Palestra: A criação da Banda Municipal de Porto Alegre e suas disputas identitárias

Mediação - Álvaro Santi (SMC)

Convidado - Felipe R. Bohrer, professor e mestre em História 
 

O debate tem como tema a cultura musical de Porto Alegre nas primeiras décadas do século XX.  

Transmissão pelo Facebook da Coordenação de Literatura e Humanidades

- Sábado, 28, 20h - Prêmio Açorianos de Música 2020

O Prêmio Açorianos de Música é concedido anualmente pela SMC com o objetivo de destacar a produção musical da cidade. São diversas categorias que reconhecem o talento e a musicalidade de instrumentistas, intérpretes, bandas e compositores de todos os gêneros.  

Com o tema Cidade da Música, a cerimônia será transmitida pela TVE e TV Ufrgs.

- Conversas Literárias –  A coordenação de Artes Cênicas (CAC), da SMC, em parceria com a livreira e curadora, Nanni Rios, da Livraria Baleia, realiza uma série de conversas com escritores negros sobre seus livros, e outras obras literárias, que os inspiram e que consideram importantes para serem lidos por todos brasileiros, independente de raça, cor ou gênero. 

20/11 - Ana Maria Gonçalves e Eliana Alves Cruz 

24/11 - Marilene Felinto 

27/11 - Fernanda Bastos e Mel Duarte 

1/12 - Cidinha da Silva e Luiz Mauricio Azevedo 

4/12 - José Falero e Itamar Vieira Júnior 

Os encontros virtuais serão transmitidos sempre às 20h, no canal do YouTube da CAC e pelo site da Livraria Baleia.

A programação está sujeita à alteração. 

Leia mais:

Com programação virtual, Semana da Consciência Negra começa neste sábado.

 

 

Paulo Beccon

Taís Dimer Dihl

coronavirus-cartao-social.png

Acompanhe a prefeitura nas redes