Cultura

Pinacoteca Aldo Locatelli exibe mostra com obras de Judith Fortes

23/11/2020 08:31
Reprodução SMC / PMPA
Pintura de Judith Fortes
Exposição estará aberta à visitação no Paço dos Açorianos de segunda a sexta-feira

A Coordenação de Artes Plásticas (CAP) da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) inaugura nesta segunda-feira, 23, a exposição Judith Fortes: 70 anos depois. A mostra estará aberta para visitação na Pinacoteca Aldo Locatelli (Praça Montevidéu, 10 – Paço dos Açorianos - Centro Histórico), de segundas as sextas-feiras, das 13h30 às 17h, até o dia 26 de fevereiro de 2021. A exposição também poderá ser conferida pelas redes sociais da CAP: FacebookInstagram e site.

A mostra reúne pinturas da injustamente pouco conhecida artista Judith Fortes, pesquisadora de arte e feminismo, em especial no âmbito da história rio-grandense. A jornalista Rosane Vargas realizou um trabalho de prospecção de dados biográficos e levantamento de obras, documentos e depoimentos sobre esta pioneira na profissão de artista plástica em uma Porto Alegre que, nas primeiras décadas do século XX, estava ainda longe de possuir um sistema consolidado tanto em termos de mercado, quanto em termos de espaços museológicos e expositivos. 

A exposição, que contará com um conjunto de obras assinadas por Judith Fortes pertencentes aos acervos da Pinacoteca Barão de Santo Ângelo do Instituto de Artes da UFRGS, da Pinacoteca Ruben Berta e da Pinacoteca Aldo Locatelli, é a primeira edição do projeto “Mulheres, a fonte”. Trata-se de uma ação cultural de longo fôlego desenvolvida pela Coordenação de Artes Plásticas da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre, que propõe uma atitude a favor da promoção da igualdade de gênero, na produção e na circulação das artes visuais e, ainda, atuar numa espécie de rememoração positiva como antídoto ao esquecimento histórico ao qual uma gama de mulheres artistas foi submetida.

Modalidades  de visitação

1ª) por agendamento via e-mail acervo@portoalegre.rs.gov.br ou pelo telefone (51) 3289-3735, de grupos com até cinco pessoas; para a reserva ser confirmada será necessário o fornecimento dos nomes completos e respectivos contatos telefônicos;

2ª) sem agendamento deverá ser respeitada a capacidade máxima de cinco pessoas por horário, de modo que, havendo reserva prévia por outro grupo, será necessária a espera.

Protocolo sanitário

- O  visitante deverá se apresentar na recepção do Paço dos Açorianos com documento de identidade onde também será verificada sua temperatura com termômetro eletrônico infravermelho;

- Não será permitido o acesso de visitantes com temperatura acima de 37,5° ou sintomas de gripe ou resfriado;

- O uso correto de máscaras de proteção facial - cobrindo boca e nariz - para o ingresso e permanência no Paço será obrigatório (inclusive no momento das fotos e selfies); 

- O distanciamento mínimo recomendado entre as pessoas será de 2 metros;

- O tempo máximo de visitação será de 1h30.

Paulo Beccon

Taís Dimer Dihl

coronavirus-cartao-social.png

Acompanhe a prefeitura nas redes