Conferência debate políticas públicas para população migrante

11/03/2024 11:42

Porto Alegre sediou no sábado, 9, a 2ª Conferência Municipal de Migrações, Refúgio e Apatridia (Comigrar) para o debate e fortalecimento de políticas públicas para a população migrante. O evento, realizado no salão de atos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), contou com a participação de autoridades, representantes de entidades da sociedade civil, migrantes e refugiados.

"Os processos de mobilidade de relevantes contingentes populacionais são historicamente sinais de vazios de proteção e atendimento às pessoas que migram. A realização do Comigrar em Porto Alegre busca evitar essa situação, formulando políticas públicas na cidade e no país para um acolhimento fraterno, inclusivo e sustentável’’, disse o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Léo Voigt.

O secretário municipal de Saúde de Porto Alegre, Fernando Ritter, ressaltou o trabalho realizado pelos mediadores interculturais na Capital. “É um programa premiado nacionalmente pela força que tem, em que os profissionais estabelecem o primeiro contato com os imigrantes, auxiliando que se conectem com os profissionais de saúde e sejam a garantia de que vão receber o melhor atendimento’’, afirma Ritter.

Propostas - As propostas elaboradas durante a 2ª Comigrar serão encaminhadas ao Gabinete do Prefeito e, após, à Conferência Nacional sobre Migrações, Refúgio e Apatridia, que será realizada em Brasília, de 7 a 9 de junho. A partir das deliberações da etapa nacional, o governo federal definirá as diretrizes para a formulação de políticas públicas para migrantes, refugiados e apátridas.

 

Franciéli Keller  

Fabiana Kloeckner

Acompanhe a prefeitura nas redes