Projeto Xadrez Poa movimenta √ļltimo dia na Feira do Livro

15/11/2022 17:09
Vanessa Felippe/SMED/PMPA
EDUCAÇÃO
Um tabuleiro gigante e outros de tamanho tradicional fizeram muitas crianças, adolescentes e adultos pararem para jogar

O projeto Xadrez Poa movimentou o estande da prefeitura¬†no √ļltimo dia da Feira do Livro, 15. Um tabuleiro gigante e outros de tamanho tradicional fizeram muitas crian√ßas, adolescentes e adultos pararem para jogar. Ou, pelo menos, olhar.

A iniciativa é da Secretaria Municipal de Educação (Smed), que leva o esporte como um projeto especial para dentro da escolas municipais. Durante o ano, ocorrem torneios escolares. O próximo será nesta quarta-feira, 16, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Senador Alberto Pasqualini, na Restinga.

Vanessa Felippe/SMED/PMPA
EDUCAÇÃO
√örsula destacou que xadrez deu para um dos filhos a capacidade de se concentrar, tanto no jogo quanto na vida dele

A secret√°ria-adjunta, Cl√°udia Pinheiro, destacou a import√Ęncia do Xadrez Poa.¬†"√Č muito bom ver essa integra√ß√£o entre crian√ßas, adultos, fam√≠lias que est√£o visitando a Feira do Livro e param aqui porque se encantam com o projeto". A coordenadora, Adriana Xavier, explica que o xadrez contribui muito para a educa√ß√£o dos alunos.¬†"Vai muito al√©m do esporte. √Č uma atividade interdisciplinar. Os alunos e os professores, que est√£o recendo forma√ß√£o, desenvolvem habilidades como racioc√≠nio l√≥gico, concentra√ß√£o, foco, elabora√ß√£o de estrat√©gias e, claro, o conv√≠vio com os colegas."

Tudo isso comprovado pela experiência pessoal da Úrsula Andrade, mãe de três alunos da Emef Aramy Silva: Breno, 16 anos, Brenda, 10 anos, e Bárbara, 8 anos. "Eu sou muito grata à escola e ao professor Celso. O xadrez deu para o Breno a capacidade de se concentrar, tanto no jogo quanto na vida dele. Ele não tinha isso. E os três não ficam mais pendurados na internet ", conta a mãe orgulhosa.
 

  

 

Vanessa Felippe

Andrea Brasil