Fazenda

Prefeitura bate novo recorde na cobrança de devedores de IPTU

11/11/2019 15:17
Luciano Lanes/ARQUIVO PMPA
COMUNICAÇÃO
Até outubro deste ano já foram recuperados R$ 184 milhões
A recuperação da Dívida Ativa de Porto Alegre alcançou novo recorde no mês de outubro e arrecadou R$ 22 milhões por meio de negociações com contribuintes inadimplentes, um crescimento de 27,46% em relação a outubro de 2018. Em 2019, os valores recuperados já totalizam R$ 184 milhões.

De acordo com o diretor da Divisão de Arrecadação e Cobrança da Receita Municipal da Secretaria Municipal da Fazenda, Rodrigo Fantinel, os bons resultados na cobrança têm reflexos direto na inadimplência do IPTU, que foi reduzida significativamente e alcança o menor patamar desde 2005, ano em que a começou a ser acompanhada.

As ações de cobrança estão sendo reforçadas para os últimos dois meses desse ano. Novos lotes de aproximadamente oito mil devedores estão sendo encaminhados para negativação no SPC e para protesto extrajudicial, práticas já consolidadas na Capital e que proporcionaram a negociação de R$ 302 milhões nos últimos três anos.

Embora a cobrança tenha atuado sobre os devedores de todas as áreas, alguns bairros e imóveis de alto padrão continuam apresentando inadimplência acima da média. No chamado “mapa da dívida de IPTU”, segmentado por bairros, é possível verificar a redução considerável do número de devedores desde 31 de dezembro de 2016.

A orientação da área de cobrança da Receita Municipal é que os devedores procurem negociar suas pendências a fim de evitar o desgaste do processo de cobrança que acaba se tornando mais oneroso.

Os devedores de IPTU têm a possibilidade de solicitar guias de pagamento e parcelar os valores em aberto até mesmo através do WhatsApp (51) 99348-9424, sem a necessidade de deslocamento até a área de atendimento da Secretaria da Fazenda.

Para quem deseja atendimento presencial, a SMF atende das 9h às 16h, na travessa Mário Cinco Paus, s/nº.

 

Adriana Ferrás

Fabiana Kloeckner

Acompanhe a prefeitura nas redes