Campanha de multivacinação para crianças e adolescentes segue até 9 de setembro

02/09/2022 10:16
Cristine Rochol/PMPA
SMS
Capital oferece 123 pontos de vacinação

A campanha de multivacinação de crianças e adolescentes de até 15 anos incompletos segue até 9 de setembro. O objetivo é atualizar a caderneta de vacinação do público não vacinado ou com esquema incompleto de doses do calendário oficial brasileiro, de acordo com a faixa etária. Também é realizada campanha de vacinação contra poliomielite dirigida a crianças entre um ano e cinco anos incompletos. 

Em relação à multivacinação não há meta a ser atingida, pois esta etapa servirá para que o esquema vacinal das crianças ou adolescentes seja completado. Já o público estimado para a gotinha extra da vacina contra a pólio é de 66 mil crianças em Porto Alegre. Neste caso, a meta é atingir 95% do público-alvo. Com a ocorrência de casos mundiais de poliomielite, e considerando a baixa cobertura vacinal, há risco de o vírus da doença voltar a circular no país.

Programa nacional - Com a campanha, o Ministério da Saúde pretende oportunizar o acesso às vacinas oferecidas pelo Programa Nacional de Imunizações ao maior número possível de pessoas, melhorar as coberturas vacinais no país, contribuir na redução da incidência das doenças imunopreveníveis, manter controladas, eliminadas ou erradicadas as doenças imunopreveníveis e melhorar a cobertura vacinal contra sarampo e febre amarela em áreas com risco de transmissão da doença.

 As vacinas do calendário podem ser feitas de forma concomitante, incluindo a imunização contra Covid-19. A recomendação é de que a situação vacinal das crianças e adolescentes seja verificada pelos pais ou responsáveis em uma unidade de saúde. Toda a rede da Secretaria Municipal de Saúde participa da campanha de vacinação. 

Serviço
Campanha de multivacinação para menores de 15 anos e de vacinação contra poliomielite (1 ano a 5 anos incompletos)
Pontos de vacinação: 123 unidades de saúde 

 

Patrícia Coelho

Lissandra Mendonça

Acompanhe a prefeitura nas redes