Saúde

Capital alcança 80% da meta e vacina 578,5 mil pessoas contra gripe

Encerramento da campanha foi prorrogado para 30 de junho
31/05/2020 08:56
Robson da Silveira / SMS PMPA
SAÚDE
Imunização de idosos e profissionais de saúde alcançou rapidamente o objetivo

Ao encerrar a décima semana da campanha de vacinação contra a gripe, iniciada em 23 de março, a prefeitura aplicou 578.556 doses nos grupos prioritários, 80,91% da meta geral de 715 mil pessoas. Nesta sexta-feira, 29, o Ministério da Saúde prorrogou o término da campanha de 5 de junho para 30 de junho. Em ofício enviado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o órgão federal destaca que a iniciativa é válida para os municípios que ainda não atingiram a meta de vacinar ao menos 90% dos grupos prioritários. 

Na capital gaúcha, a meta de imunização de idosos acima de 60 anos e trabalhadores de saúde (primeiros com acesso às doses) foi ultrapassada rapidamente, em 16 de abril. O quantitativo de doses para ambos os grupos chegou a 263,8 mil e 98,1 mil, respectivamente, nesta sexta-feira, o que corresponde a 137,62% e 132,22% do propósito estipulado pelo Ministério da Saúde (90% da estimativa populacional).

Já a maior parte dos grupos da segunda e terceira fases da campanha ainda está longe de atingir o objetivo. Desde 11 de maio, quando teve início a terceira etapa, foram vacinadas 29.993 crianças (36,88% da meta), 4.096 gestantes (32,76%) e 757 puérperas (37,85% de mulheres que recém deram à luz). A intenção da prefeitura é imunizar 81,3 mil crianças de seis meses a menores de seis anos, 12,5 mil gestantes e 2 mil puérperas. 

Os grupos prioritários estão mais sujeitos a complicações após a infecção pelo vírus influenza, e por isso a importância da proteção. No caso de adultos de 55 a 59 anos e professores, últimos grupos da campanha, incluídos a partir de 18 de maio, foram aplicadas 22.918 e 5.423 doses, respectivamente. Isso corresponde, nessa ordem, a 31,39% e 50,76% da meta de vacinar 72.990 pessoas entre 55 e 59 anos e 10.683 professores.

As crianças devem ser imunizadas nas unidades de saúde para  acompanhamento do calendário e aplicação das vacinas de rotina. Já os demais públicos podem se dirigir a uma unidade de saúde ou às farmácias parceiras do Município até 30 de junho. Para evitar aglomerações, são diversos locais disponíveis (confira antes de sair de casa). 
 

Números da vacinação até 29 de maio, 16h30: 

578.556 doses aplicadas (80,91% da meta geral de 715 mil pessoas)

Idosos - 263.835

Trabalhadores de saúde - 98.135

Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis (comorbidades) - 112.223

Crianças - 29.993

Gestantes - 4.096

Puérperas – 757

Pessoas com deficiência - 1.527

Forças de segurança e salvamento - 25.433 pessoas

Trabalhadores do transporte coletivo - 6.033

Caminhoneiros - 1.736

Portuários – 504

Povos indígenas – 619 pessoas

População privada de liberdade - 4.151 pessoas

Funcionários do sistema prisional - 1.173

Adultos de 55 a 59 anos - 22.918

Professores - 5.423

Os dados do SIPNI são parciais e sujeitos a revisão. 

Para mais informações sobre vacinação, clique aqui.

  

 

Vanessa Conte

Taís Dimer Dihl

Acompanhe a prefeitura nas redes