Saúde

Vacinação contra gripe segue na Capital com foco nos grupos prioritários

06/08/2020 08:22
Alex Rocha/PMPA
SAÚDE
Gestantes, crianças de seis meses a menores de seis anos e puérperas estão no foco da campanha

A vacinação contra a gripe continua em Porto Alegre até o fim dos estoques. A prefeitura enfatiza a importância de procurar um dos locais de atendimento para garantir a imunização. O alerta é dirigido especialmente aos grupos prioritários que registram menor adesão, por estarem mais sujeitos a complicações após infecção pelo vírus influenza. Entre eles estão gestantes, crianças de seis meses a menores de seis anos e puérperas - mulheres que tiveram bebês há até 45 dias.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que as doses estão disponíveis à população em geral em mais de 100 postos de saúde (confira antes de sair de casa). Não há mais vacinas nas farmácias.

Conforme dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI) e do E-SUS, foram aplicadas 655.246 doses de vacina contra a gripe nos grupos prioritários desde o início da campanha nacional, em 23 de março, o que representa 91,63% da meta geral de 715 mil pessoas na Capital. Com a imunização estendida a outros públicos desde 15 de junho, foram vacinadas mais 79.230 pessoas até segunda-feira, 3.

Prevista pelo Ministério da Saúde para terminar em 5 de junho, a campanha foi estendida até o dia 30 daquele mês e, após, prorrogada até 17 de julho. Em função das baixas coberturas vacinais de alguns públicos prioritários em vários municípios do país e ao grande quantitativo de vacinas nos postos, a SMS decidiu estender o prazo da vacinação até o término dos estoques.

Números da vacinação até segunda-feira, 3:

- 655.246 doses aplicadas nos grupos prioritários (91,63% da meta geral de 715 mil pessoas)

- Outros públicos - 79.230 (vacinação iniciada em 15 de junho)

- Idosos - 271.714

- Trabalhadores de saúde - 101.361

- Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis (comorbidades) - 133.240

- Crianças - 47.402 

- Gestantes - 6.227

- Puérperas – 964

- Pessoas com deficiência - 1.695

- Forças de segurança e salvamento - 25.845 pessoas

- Trabalhadores do transporte coletivo - 6.582

- Caminhoneiros - 2.656

- Portuários – 524

- Povos indígenas - 664 pessoas

- População privada de liberdade - 4.164 pessoas

- Funcionários do sistema prisional - 1.188

- Adultos de 55 a 59 anos - 42.348

- Professores - 8.672

Os dados são parciais e sujeitos a revisão.

Para mais informações sobre vacinação, clique aqui.

 

 

Vanessa Conte

Taís Dimer Dihl

coronavirus-cartao-social.png

Acompanhe a prefeitura nas redes