Vigilância do novo coronavírus mobiliza área de saúde da Capital

29/01/2020 19:23
Robson da Silveira/SMS PMPA
SAÚDE
Comando de Operações de Emergências reúne representantes da saúde pública

Representantes de diferentes setores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) participaram, na tarde desta quarta-feira, 29, da reunião do Comando de Operações de Emergência (COE), criado no âmbito estadual para tratar das medidas a serem adotadas para vigilância, prevenção e controle do novo coronavírus (2019-nCoV) na rede de saúde do Rio Grande do Sul.

O COE está alinhado com o Ministério da Saúde no acompanhamento e vigilância do novo vírus, que circula predominantemente na China, país que concentra a maioria dos casos da infecção. No Brasil, o Ministério da Saúde definiu as ações a serem desencadeadas em âmbito nacional, estadual e municipal. O grupo se reunirá diariamente para monitoramento e divulgação de informações relacionadas ao agravo. 

Pessoas que apresentem febre e manifestações respiratórios, como tosse e falta de ar, e que viajaram para a China 14 dias antes do início dos sintomas devem buscar atendimento. Na Capital, todas as unidades de saúde, os pronto-atendimentos e hospitais estão aptos a prestar assistência inicial. Em caso de necessidade, o paciente será encaminhado para coleta de amostra de secreção respiratória que poderá detectar a presença do vírus no organismo. Pessoas sem histórico de viagem para o país asiático, mesmo com febre e sintomas respiratórios, neste momento não se enquadram nos critérios de suspeição da doença.  

Profissionais de saúde que atendam pessoas com quadro compatível à infecção pelo 2019-nCoV devem notificar a suspeita imediatamente, já no momento do atendimento, à Equipe de Vigilância de Doenças Transmissíveis (EVDT) da SMS. 

Até esta quarta-feira, 29, não houve notificação de suspeitas da doença em Porto Alegre. 

Prevenção

 De acordo com material divulgado pelo Ministério da Saúde, as seguintes medidas são indicadas para reduzir a transmissão de doenças respiratórias:

- Lavar as mãos com frequência, principalmente antes de consumir algum alimento.

- Utilizar lenço descartável para higiene nasal.

- Cobrir a boca e o nariz quando tossir ou espirrar.

- Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, e higienizar as mãos depois de tossir ou espirrar.

-  Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

- Manter os ambientes bem ventilados.

- Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sintomas ou sinais da doença.

O Ministério da Saúde também oferece um canal com informações pela internet, no endereço http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/novocoronavirus

 

  

 

Patrícia Coelho

Rui Felten