Habitação

Mutuários assinam contratos para 360 unidades habitacionais

05/06/2020 16:24
SMDSE / PMPA
DESENVOLVIMENTO SOCIAL E ESPORTE
Condomínio na região Extremo Sul de Porto Alegre foi viabilizado pelo sistema de cooperativismo, com apoio técnico da prefeitura

Trabalhadores que receberam a orientação da prefeitura para a formação de cooperativa habitacional assinaram contratos com a Caixa Econômica Federal, nesta sexta-feira, 5. São 360 mutuários que vão receber suas moradias no Jardim das Figueiras 3, localizado na avenida Juca Batista, bairro Chapéu do Sol, na região Extremo Sul de Porto Alegre. A cerimônia foi realizada no ginásio de Esportes da Associação de Funcionários do Departamento Municipal de Habitação (Demhab), com todas as medidas de segurança visando à proteção contra o novo coronavírus.

A construção do conjunto habitacional foi feita pelo sistema de cooperativismo do programa Minha Casa Minha Vida e teve a orientação técnica do Demhab. “É muito bom ver mais um projeto concretizado e essas centenas de famílias serem beneficiadas com suas novas moradias, justamente neste período delicado em que uma casa adequada faz a diferença na proteção, na segurança, além de propiciar um futuro melhor para os filhos desses mutuários”, enfatiza o diretor-geral adjunto do Demhab, Emerson Corrêa.

Gilberto Floriano, representante dos cooperativados, comemora o momento. “O projeto começou como um sonho dos trabalhadores da Cootravipa e se tornou realidade ao nos associarmos ao Instituto Ipes.". O Jardim das Figueiras 3 teve um investimento federal de R$ 30 milhões e vai beneficiar 1.400 pessoas.

Empreendimento - Os dois primeiros módulos com 720 unidades foram entregues, pelo ministério do Desenvolvimento Regional,  em outubro de 2019, com a presença do prefeito Nelson Marchezan Júnior. Com um total de 1.080 unidades, o Jardim das Figueiras é o maior empreendimento no âmbito do Minha Casa Minha Vida, na modalidade cooperativa, já construído em Porto Alegre, realizado com recursos federais no total de  R$ 92,56 milhões. A prefeitura fez a compensação vegetal do local, o cadastramento das famílias e o apoio técnico às cooperativas.

Cooperativa - A modalidade cooperativa do programa Minha Casa Minha Vida estimula a participação da população como protagonista na solução dos seus problemas habitacionais, com o objetivo de emancipação e autonomia. Em Porto Alegre, o Demhab presta assessoria técnica para a criação das cooperativas, encaminhamento da documentação e o cadastramento de famílias interessadas.

Outros quatro empreendimentos na modalidade cooperativa (Minha Casa Minha Vida) estão em andamento na Capital: Condomínio Residencial Dois Irmãos 1 e 2 para 680 famílias; Condomínio Residencial Morada da Fé, para 480 famílias; Condomínio Residencial das Laranjeiras,  para 500 famílias; e condomínio da Cooperativa 20 de novembro, para 50 famílias.

  

 

Maria Emília Portella

Gilmar Martins

Acompanhe a prefeitura nas redes