Transporte e Circulação

Prefeitura lança campanha para segurança dos ciclistas

30/06/2020 08:33
Maria Ana Krack / PMPA
TRANSPORTE E CIRCULAÇÃO
Somente neste ano, aumento de ciclovias em Porto Alegre foi de 10 quilômetros

Com a implantação de novos trechos de ciclovia, a Prefeitura de Porto Alegre lança campanha educativa que traz informações sobre espaços, sinalizações e responsabilidades para um trânsito seguro com a inclusão das bicicletas. A iniciativa intitulada Trânsito legal tem pedal terá divulgação nas redes sociais da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e nas ruas, em espaço publicitário cedido pela empresa Sinergy Novas Mídias.

O secretário extraordinário de Mobilidade Urbana, Rodrigo Mata Tortoriello, observa que a campanha será muito importante para as pessoas se familiarizem com esse novo modal de transporte e, principalmente, com a sua proteção e a proteção das outras pessoas no trânsito. “Somente neste ano, o aumento de ciclovias em Porto Alegre foi de 10 quilômetros. Com a finalização das da Ipiranga, Getúlio Vargas, Aureliano de Figueiredo Pinto e Mauá, no mês maio, a cidade atingiu um total de 54 quilômetros”, contabiliza. Tortoriello afirma que há projetos para novos trechos a serem implantados em breve e acrescenta que, junto com as ciclovias, existe ainda um trabalho de urbanismo tático para valorizar o espaço e garantir maior segurança a pedestres, ciclistas e motoristas.

​O uso das bicicletas como meio de transporte é uma tendência mundial e um assunto que vem sendo cada vez mais discutido, além de ser uma alternativa limpa e com melhorias à mobilidade das cidades. "A bicicleta é parte integrante do trânsito e, com isso, têm direitos e deveres que abordam as maneiras corretas de circulação, o que inclui o uso de equipamentos de segurança por seus usuários, observa o diretor-presidente da EPTC", Fabio Berwanger Juliano. “Para que os novos usuários façam seus deslocamentos com segurança, é preciso ter mais empatia nas ruas, além de conhecer para respeitar as regras de circulação", frisa.

Para o coordenador de Educação para Mobilidade da EPTC, Diego Marques, “é preciso que os ciclistas fiquem muito atentos ao trânsito, tenham percepção, façam a avaliação de riscos e assim reforcem os cuidados”. A área de Educação da EPTC oferece cursos EAD gratuitos tanto para novos usuários quanto para os mais experientes. É possível acessá-los através deste link.

Proprietário de uma loja de bicicletas na avenida Bento Gonçalves, Filipe Minuto destaca que a demanda cresceu de 30% a 40% em média. “Aumentaram as vendas, os consertos e a procura por equipamentos de segurança, o que indica que as pessoas estão mais conscientes”. Minuto acentua que teve que contratar mais dois funcionários e que, mesmo com as restrições no atendimento, as vendas foram impulsionadas. "Somado a isso, vem o desemprego que está fazendo com que muitos trabalhadores busquem as entregas por meio de bicicletas como alternativa de renda”, finaliza.

Para mais informações sobre o coronavírus, clique aqui.

Veja aqui as últimas notícias sobre a pandemia.

Karine Hasse

Denise Righi

Acompanhe a prefeitura nas redes