Executivo

Artigo: O melhor presente é não visitar a aniversariante

26/03/2020 11:28
"Leal e Valerosa”. Não é à toa que os valores de Porto Alegre estão marcados no brasão da cidade, título concedido pelo imperador Dom Pedro II em 1841. Passados 248 anos, neste 26 de março de 2020, a Capital gaúcha vive um de seus momentos mais críticos desde a chegada dos casais de portugueses açorianos que povoaram o Sul do Brasil no início dos anos 1750. Hoje, cada cidadão que reside aqui sabe que a união de todos pode mudar o nosso futuro.

Não é novidade para ninguém: a COVID-19 (novo coronavírus) circula entre nós. Até o momento, são mais de 80 casos confirmados e, infelizmente, lamentamos o primeiro óbito de uma mulher de 91 anos. Outras 26 pessoas com suspeita de contágio encontram-se na UTI. Mas também já tivemos oito curados entre 18 e 68 anos, e uma mulher de 35. Não é hora de pânico, pois as medidas de segurança são claras, a começar pelo isolamento social.

Com a devida seriedade científica e cívica, não hesitamos em aplicar rapidamente medidas duras e até polêmicas para combater o alastramento do vírus. Nosso único objetivo é salvar vidas. Os 28 decretos publicados até agora reduziram em 60% a circulação nas ruas. Também providenciamos a instalação de seis tendas em locais afastados para atender pessoas com problemas respiratórios ou sintomas da doença. Outras ações são estudadas como um formato de transporte acessível e mais higienizado aos vulneráveis e redução dos valores cobrados em táxis e aplicativos.

A equipe de governo trabalha em jornada dupla para evitar que ocorra aqui o que acontece na Itália. O foco é proteger toda a população, especialmente quem tem mais de 60 anos. É com esse espírito que enfrentamos o inimigo invisível. Gostaríamos que a realidade fosse distinta e os porto-alegrenses desfrutassem de exposições, feiras, eventos musicais e culturais que tradicionalmente homenageiam a semana do aniversário da Capital. Porém, é nosso dever sermos realistas.

O melhor presente que podemos dar hoje a Porto Alegre é não visitá-la. E os que vivem aqui: fiquem em casa. Mesmo com o distanciamento social, estamos mais unidos do que nunca para vencer esta batalha. Em breve, estaremos todos juntos comemorando muitos anos de vida da nossa querida cidade.

Nelson Marchezan Júnior
Prefeito Municipal de Porto Alegre


* Artigo originalmente publicado no Correio do Povo de 26 de março de 2020.

 

Fabiana Kloeckner

Acompanhe a prefeitura nas redes