Justiça determina retorno de servidores com mais de 60 anos ao trabalho presencial no HPS

14/09/2022 16:35

A Procuradoria-Geral do Munic√≠pio obteve vit√≥ria judicial que determina a¬†servidores do Hospital de Pronto Socorro¬†(HPS) com mais de 60 anos que voltem aos postos de trabalho que ocupavam antes da pandemia. Decis√£o anterior, agora revogada, havia afastado¬†os trabalhadores¬†de suas fun√ß√Ķes.¬†No julgamento de recurso interposto pelo Munic√≠pio, a Terceira C√Ęmara do Tribunal de Justi√ßa (TJ) determinou¬†retorno imediato¬†√†s atribui√ß√Ķes originais,¬†de forma presencial.¬†

De acordo com a procuradora Alessandra Corr√™a, a decis√£o levou¬†em conta os √≠ndices de vacina√ß√£o, enfraquecimento do cen√°rio epidemiol√≥gico e retorno da conviv√™ncia social da popula√ß√£o. ‚ÄúA pr√≥pria Anvisa, em nota t√©cnica revisada recentemente, restringe o afastamento de servidores com mais de 60 anos a pessoas contaminadas‚ÄĚ, explica.

Al√©m disso, segundo a procuradora, √© invi√°vel a ado√ß√£o de trabalho remoto no caso desses servidores, em raz√£o da natureza de suas atribui√ß√Ķes, situa√ß√£o que gera, inclusive, preju√≠zo √† presta√ß√£o do servi√ßo de sa√ļde pelo hospital.

 

Sandra Denardin

Lissandra Mendonça