Trabalhadores da Carris devem manter 65% da frota nesta sexta, diz Justiça

03/09/2021 08:35

A Justiça do Trabalho determinou, na noite dessa quinta-feira,2, que os trabalhadores da Carris mantenham, no mínimo, 65% da frota operando nesta sexta-feira,3. A decisão, do desembargador federal do Trabalho Francisco Rossal do Araujo, determina ainda multa diária de R$20 mil ao sindicato da categoria em caso de descumprimento. 

A medida atendeu parcialmente pedido do Município de Porto Alegre e da Carris diante do anúncio de paralisação total das atividades por parte de representantes da categoria durante o dia de hoje.

 “É evidente que a não prestação de serviço de transporte coletivo pode colocar em risco a população de Porto Alegre, quanto ao acesso à saúde, em momento tão delicado no que diz respeito à pandemia causada pela Covid-19, bem como para os deslocamentos do dia a dia, que possibilitam o acesso da população aos seus locais de trabalho, a fim de que mantenham a sua subsistência”, ressaltou o magistrado.

A prefeitura, por meio da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC),está mobilizada e vai monitorar a operação do transporte coletivo desde as primeiras horas da manhã.

Informações serão divulgadas em tempo real no twitter da @eptc_poa.

Sandra Denardin

Andrea Brasil