Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Meio Ambiente e Sustentabilidade

Plano Diretor: Primeira rodada de oficinas termina sábado

09/11/2019 09:18
Cesar Lopes / PMPA
MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE
Plano Diretor: primeira rodada de oficinas termina sábado

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams) promove neste sábado, 9, a última Oficina Temática – Territorial da primeira rodada do processo de revisão do Plano Diretor. O encontro, direcionado aos moradores das Ilhas (Bairro Arquipélago), que integram a Região de Planejamento - RP 2, ocorre das 8h30 às 12h, no Salão Paroquial da Associação Nossa Senhora da Boa Viagem (rua Capitão Coelho, 300 - Ilha da Pintada).

Oito oficinas já foram realizadas: na RP 7 (Lomba do Pinheiro/Partenon), na RP 2 (Humaitá, Navegantes e Noroeste), na RP6 (Centro-Sul e Sul), na RP 5 (Glória, Cruzeiro e Cristal), na RP 8 (Restinga/ Extremo-Sul), na RP 4 (Leste/ Nordeste), na RP 1 (Centro) e na RP 3 (Norte e Eixo Baltazar). A segunda rodada também passará pelas oito regiões de planejamento e o cronograma será definido pela Smams em parceria com os representantes das RPs do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano Ambiental (CMDUA).

O secretário Germano Bremm destaca que o objetivo da primeira rodada é identificar os anseios, potencialidades e questões prioritárias a serem consideradas e enfrentadas na formulação das propostas que servirão de base para a revisão do Plano Diretor. “A participação e o engajamento da população neste processo é fundamental para a construção da Porto Alegre 2030 que queremos”, destaca.

A diretora de Planejamento Urbano e Sustentável da Smams e coordenadora do processo de revisão do Plano Diretor, Patrícia da Silva Tschoepke, esclarece que o planejamento urbano parece algo abstrato, mas, na prática, afeta diretamente a vida das pessoas. “O Plano Diretor é o instrumento que define questões como o tempo que gastamos para nos deslocar na cidade, a segurança, a qualidade de vida e a capacidade de prevenção a eventos climáticos extremos. Nesta revisão, é fundamental ouvirmos as necessidades da população para a construção do pacto da cidade que almejamos”, afirma.

Dinâmica da oficina - O credenciamento será aberto 30 minutos antes do horário previsto para o início das atividades e se estenderá por uma hora. Participantes que ingressarem após 30 minutos do início da dinâmica só poderão acompanhar como ouvintes e registrar sua contribuição por meio de questionário que estará disponível no local.

No acesso ao evento, os participantes vão registrar seus nomes em lista de presença e receberão um número de um a cinco, que identificará a mesa que irão compor no momento da dinâmica. Cada grupo terá no máximo 12 participantes, totalizando 60 pessoas. Caso o número ultrapasse este limite, os excedentes receberão questionário para apontar suas contribuições de forma individual.

A oficina será aberta com apresentação geral sobre os conteúdos que serão trabalhados em cada grupo, em mapas onde estarão identificadas potencialidades e carências dos bairros que pertencem à RP correspondente. Ao final da dinâmica, o relator definido para cada grupo fará a exposição das principais conclusões sobre o mapa. Após a apresentação dos resultados, a equipe da Smams encerra a atividade. As sugestões serão analisadas pela equipe técnica e, na segunda rodada de oficinas, será dado o retorno sobre as contribuições apresentadas.


Para mais informações sobre a revisão do Plano Diretor de Porto Alegre, acesse o site aqui

 

  

 

Cibele Carneiro

Andrea Brasil

Acompanhe a prefeitura nas redes