Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Meio Ambiente e Sustentabilidade

Smams se reúne com Sinduscon para tratar do Plano Diretor

06/09/2019 12:01
Cibele Carneiro/SMAMS PMPA
MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE
Até o dia 9, população pode colaborar com sugestões na primeira consulta pública

O secretário municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams), Germano Bremm, se reuniu na manhã desta sexta-feira, 6, com a direção do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Rio Grande do Sul (Sinduscon) para tratar da revisão do Plano Diretor. O encontro faz parte de série de encontros promovidos pela Smams com entidades que têm cadeira no Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano Ambiental (CMDUA).

Bremm destacou que o Plano Diretor é a constituição das cidades e que existe a necessidade de organizar uma base de dados consistente, com informações territoriais, em uma plataforma georreferenciada a fim de modernizar e dar transparência à gestão e à cidade. “Sabemos da grandiosidade deste projeto e, por isso, estamos conversando com as entidades do CMDUA para que formalizem as propostas e contribuições ao Plano Diretor.”

O presidente do Sinduscon, Aquiles Dal Molin Júnior, disse que o Plano Diretor precisa atender às necessidades das regiões. “Pensar no equilíbrio econômico-financeiro da cidade também precisa estar nesta discussão, o que inclui os investimentos já aplicados em infraestrutura." 

O arquiteto Antonio Carlos Zago, consultor do Sinduscon, considera que Porto Alegre tem um bom Plano Diretor, que precisa de algumas correções. “São necessárias intervenções pontuais para acabar com as inseguranças jurídicas e gargalos.” Entre os pontos a serem modernizados, citou o conceito das calçadas vivas, uma ampliação da visão de fachadas ativas. 

Rogério Raabe, da diretoria do Sinduscon, defendeu maior clareza na parte estrutural da cidade. “Queremos uma Capital diferente, que não limite nem iniba investidores. Estamos aqui para somar e não para dividir. Queremos colaborar.”

Também foram debatidos outros pontos ligados ao Plano Diretor, como regime urbanístico, densificação, cidade caminhável, miscigenação de uso, quarteirões saturados, Estudo de Viabilidade Urbanística, índices construtivos, plano regulador, infraestrutura pública, obrigatoriedade das vagas de carro, praças e parques, habitações de baixa renda, velocidade de tramitação de projetos, licenciamento ambiental, gravames, beleza arquitetônica, desenvolvimento do município e construção de uma cidade mais dinâmica.

Também participaram da reunião como representantes do Sinduscon Antonio Ulrich, Ivano Sanguinetti e Sandra Axelrud; e as técnicas da Smams Patricia Tschoepke, Rovana Reale e Ada Schwartz. 

Mais informações sobre a revisão do Plano Diretor podem ser acessadas clicando aquiNeste link, está disponível a primeira Consulta Pública, que visa colher informações iniciais sobre as expectativas da população para seus bairros e a cidade. O prazo para participar termina no próximo dia 9. 

Mais informações sobre a revisão do Plano Diretor podem ser acessadas clicando aqui. Neste link, está disponível a primeira Consulta Pública, que visa colher informações iniciais sobre as expectativas da população para seus bairros e a cidade. O prazo para participar termina no próximo dia 9. https://prefeitura.poa.br/planodiretor

 

Cibele Carneiro

Taís Dimer Dihl

Acompanhe a prefeitura nas redes