Desenvolvimento Social e Esporte

Oportunidades de emprego levam 38 flanelinhas ao Sine

29/11/2019 19:20
Gabriel Bandeira/SMDSE PMPA
DESENVOLVIMENTO SOCIAL E ESPORTE
Ação desenvolvida pela prefeitura busca reinserir guardadores de veículos no mercado de trabalho formal

"Eu sou trabalhador. Tenho meu filho de dois anos e três meses, tenho minha casa, minha mulher. Gosto de trabalhar. É por isso que eu vim aqui", contou Emerson Ezekiel, de 23 anos, nesta sexta-feira, 29, enquanto aguardava uma entrevista de seleção para emprego no Sine Municipal. Ele faz parte do grupo de 38 guardadores de veículos em espaços públicos (flanelinhas) que foram entrevistados, das 14h às 16h, por quatro empresas, que estão oferecendo ao todo 60 vagas. A ação é feita pelo Sine e a Guarda Municipal, em parceria com as secretarias municipais de Planejamento, Segurança, Desenvolvimento Econômico e Desenvolvimento Social e Esporte, com apoio da Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc).

Na segunda-feira, 25, a Câmara Municipal aprovou o projeto de lei complementar do Executivo (PLCE) que proíbe a atividade de guardador de carros na cidade. O Legislativo ainda não enviou a redação final para o Executivo. Assim que isso ocorrer e o prefeito Nelson Marchezan Júnior sancionar a nova lei, os serviços de estacionamento de veículos em vias públicas, mediante cobrança de pagamento ou qualquer espécie de contribuição, poderão ser explorados somente pelo Município ou por concessionários ou permissionários. 

Com o objetivo de identificar as pessoas que atuam nessa atividade e  gerar oportunidades de renda, formação e trabalho para elas, desde terça-feira, 26, duas equipes de abordagem da Fasc, em parceria com a Guarda Municipal, estão cadastrando guardadores nas vias e logradouros públicos de Porto Alegre. “A abordagem foi bem produtiva, e tivemos uma boa receptividade. Todos estiveram abertos a buscar uma nova oportunidade. Até agora, atendemos mais de 20 pessoas”, diz o articulador regional da Fasc, Eduardo Siegle.

O Sine também oferece cursos de qualificação em conjunto com o Programa Progredir, do Ministério da Cidadania, iniciado em maio deste ano. “Estamos buscando parcerias de acordo com a força-tarefa que está na rua. A gente precisa saber quem é o guardador de veículos, o que ele fez, se tem segundo grau, qual foi a penúltima profissão que teve antes de ser guardador, para que ele consiga se encaixar no mercado de trabalho”, explica o diretor do Sine e do Trabalho, Emprego e Renda da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte (SMDSE), Nelson Beron.

A sede do Sine Municipal funciona das 8h às 17h, na avenida Sepúlveda, esquina com avenida Mauá, no Centro Histórico. Para concorrer às vagas de emprego intermediadas pelo órgão, o candidato precisa comparecer com carteira de trabalho e comprovante de residência. A carta de encaminhamento pode ser retirada pelo aplicativo Sine Fácil, disponível para download no Google Play, ou diretamente em qualquer unidade Sine.

 

  

 

Gabriel Bandeira (estagiário), com supervisão de Maria Emilia Portella

Rui Felten

Acompanhe a prefeitura nas redes