Infraestrutura e Mobilidade Urbana

Prefeitura começa mais uma obra de macrodrenagem na Sertório

28/05/2020 13:24
Anselmo Cunha/PMPA
INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA
Escavações começaram na avenida Sertório, nas proximidades da Casa de Bombas Sílvio Brum

Para amenizar alagamentos e acúmulos de água, a prefeitura está executando o maior conjunto de obras de drenagem da história recente de Porto Alegre. A macrodrenagem do Arroio Areia engloba 26 intervenções e teve mais uma fase iniciada nesta nesta quinta-feira, 28. As escavações da obra da rede de drenagem I2 começaram na avenida Sertório, nas proximidades da Casa de Bombas Sílvio Brum, perto do cruzamento da avenida Mena Barreto. O secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Smim), Marcelo Gazen, a equipe de fiscalização da secretaria e representantes da empresa executora acompanharam o início dos serviços. Serão investidos cerca de R$ 2.100.000,00, com recursos de repasse do Ministério do Desenvolvimento Regional.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior salienta que o conjunto de obras soma mais de R$ 100 milhões de investimento em macrodrenagem.

“Depois de prontas, as obras ficam invisíveis, pois as tubulações são subterrâneas, mas o projeto do Arroio Areia é o maior conjunto de obras de drenagem da história recente de Porto Alegre. Com a conclusão, essas melhorias irão contribuir significativamente para amenizar o histórico problema de alagamentos." - Prefeito Nelson Marchezan Júnior.

 

A rede I2 tem 614 metros. Ela começa na travessa Frei Faustino com a avenida Carneiro da Fontoura, segue pela Carneiro da Fontoura, cruza a avenida Sertório e continua por essa avenida até proximidades da Casa de Bombas Sílvio Brum. “Irá ampliar a rede de drenagem na região e auxiliar no escoamento das águas pluviais para a casa de bombas. Somada às demais estruturas da Macrodrenagem do Arroio Areia, irá amenizar problemas de enchentes e acúmulos de água, em especial nos bairros Jardim São Pedro e Santa Maria Goretti”, destaca Gazen. A previsão é que esteja concluída em seis meses.

Macrodrenagem do Arroio Areia - Iniciado em junho de 2018, o conjunto de 26 intervenções beneficiará mais de 180 mil moradores de 14 bairros da Zona Norte (Bom Jesus, Três Figueiras, Chácara das Pedras, Vila Jardim, Jardim Europa, Boa Vista, Vila Ipiranga, Higienópolis, São João, Passo da Areia, Cristo Redentor, Santa Maria Goretti, Jardim São Pedro e limite com Anchieta). Estão em andamento os reservatórios R1 (Praça Lopes Trovão), R2 (Praça Francisco Guerra Blessman) e R9 (Praça Fortunato Pimentel), além da obra linear C2 (continuidade da C1, na Anita Garibaldi). Estão finalizadas para entrega nos próximos dias as obras lineares C1 (rua Anita Garibaldi) e F1 (Plínio Brasil Milano). A obra linear D5, na avenida do Forte, tem estimativa de começar nos próximos 30 dias. O investimento total é de cerca de R$ 107 milhões provenientes do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e contrapartida da prefeitura de cerca de R$ 1,3 milhão.

Trânsito - No primeiro trecho da obra, que inicia pela avenida Sertório, haverá bloqueio parcial para o trânsito da via, no sentido bairro-centro. Conforme o andamento dos serviços, quando atingir o cruzamento da avenida Sertório com a Carneiro da Fontoura, haverá desvios de trânsito. 

Anselmo Cunha/PMPA
INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA
Serão investidos cerca de R$ 2.100.000,00

 

 

Isabel Lermen

Taís Dimer Dihl

Acompanhe a prefeitura nas redes