Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Infraestrutura e Mobilidade Urbana

Prefeitura faz reunião com comunidade para obra do Arroio Areia

19/08/2019 18:37
Cristine Rochol / PMPA
SMSURB
Será instalada uma nova rede de drenagem com extensão de 692 metros

A prefeitura realizou, na tarde desta segunda-feira, 19, reunião com representantes da comunidade dos bairros que serão impactados pelo início de mais uma das obras da macrodrenagem da Bacia Hidrográfica do Arroio Areia, na sede da Associação dos Moradores da Vila dos Industriários (Amovi). Chamada de F1, a obra, que contempla instalação de uma nova rede de drenagem com extensão de 692 metros, começará no início da próxima semana e tem estimativa de término em maio 2020.

Os secretários de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Smim), Marcelo Gazen; da Secretaria de Serviços Urbanos (SMSurb), Ramiro Rosário; e o gerente de Planejamento de Trânsito e Circulação da Empresa Pública Transporte e Circulação (EPTC), João Paulo Cardoso Joaquim, apresentaram a obra aos moradores dos bairros Passo d'Areia, IAPI, Santa Maria Goretti e arredores. Também participaram do evento as equipes técnicas desses órgãos, além de representantes da Secretaria de Planejamento e Gestão (SMPG) e do Centro de Relações Institucionais e Participativas (Crip) – Noroeste.

O secretário da Smim, Marcelo Gazen, informou que esta é a quarta obra da Macrodrenagem do Arroio Areia iniciada na Capital. “Será instalada uma rede completamente nova, pois há o diagnóstico de que as redes atuais são insuficientes. A obra terá escavações que alcançam até cinco metros de profundidade e três metros de largura em alguns trechos para instalação de tubulações de 1,5 metros de diâmetro." Gazen colocou a equipe responsável pela obra à disposição da comunidade para o atendimento de eventuais demandas.

O custo total dos projetos e da obra, que vai da av. Plínio Brasil Milano, seguindo pela rua Cacequi e rua Veranópolis até as proximidades da viela Santo André é de R$ 2.818.255,90. Os trabalhos da F1 fazem parte do conjunto de 26 obras de macrodrenagem que tem por objetivo amenizar problemas de drenagem da região, como destacado pelo secretário Ramiro Rosário. "Porto Alegre possui um déficit estrutural de drenagem, tornando, muitas vezes, insuficiente os serviços realizados em redes quando são registrados grandes volumes de chuvas. Na Zona Norte, os problemas com alagamentos são históricos e, por isso, estas obras são tão importantes para a região", salienta.

Foram anunciadas ainda, as alterações no trânsito durante o período de obras. A EPTC informa que a partir da próxima segunda-feira, 26, a partir das 9h, ocorrerão desvios e bloqueios de trânsito na região da rua Veranópolis e da avenida Plínio Brasil Milano, no Passo d’Areia. O bairro terá alterações a partir das próximas semanas. Os bloqueios ocorrerão em etapas para que ocasione o menor impacto possível e serão sinalizados com as devidas indicações sobre os desvios e ajustes que podem ser feitos conforme o avanço das obras.

Macrodrenagem do Arroio Areia - As obras de ampliação do sistema de macrodrenagem do Arroio Areia têm investimento da União de R$ 107,2 milhões (nesse valor está incluída a verba para os trabalhos sociais e apoio à fiscalização de obras) e foram iniciadas em junho de 2018, com a construção de um reservatório em concreto com capacidade de armazenamento de 7,6 mil metros quadrados na Praça Doutor Luis Francisco Guerra Blessman, no bairro Três Figueiras. Essa primeira obra está com a parte de drenagem concluída e o reservatório em funcionamento; em andamento o nivelamento do terreno para urbanização da praça. Com as duas novas obras do conjunto iniciadas em junho, três etapas já estão em andamento na Capital. A obra da Plínio será a quarta a entrar em execução. Os recursos, a fundo perdido, são provenientes do Plano Nacional de Gestão de Risco e Resposta a Desastres Naturais, o chamado PAC Prevenção, e têm uma contrapartida financeira de R$ 1,3 milhão da prefeitura.

  

 

Orlando Moraes, Rafaela Redin e Gustavo Roth

Gilmar Martins

Acompanhe a prefeitura nas redes