Prefeitura autoriza a instalação de painéis eletrônicos junto às placas de identificação de rua

15/02/2021 12:40
Grupo Imobi/Divulgação
OBRAS E INFRAESTRUTURA
Painéis para publicidade poderão ser instalados em 4,4 mil esquinas

As novas placas de identificação de rua de Porto Alegre terão a partir de agora uma novidade: a instalação de painéis eletrônicos para publicidade. A autorização foi emitida pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura (Smoi), após parecer técnico da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). Os equipamentos poderão ser instalados em 4,4 mil esquinas previstas no contrato de concessão para receber os conjuntos de toponímicos.

Os equipamentos poderão veicular conteúdos em movimento, o que deverá ser utilizado para anúncios publicitários. “Os painéis eletrônicos a serem instalados poderão ter dimensões de 90 cm de altura x 60 cm de largura. Cabe destacar que a instalação não trará qualquer alteração no volume ou área de exposição comercial já destinada à concessionária. Trata-se apenas de uma adequação do formato”, ressalta o secretário de Obras e Infraestrutura, Pablo Mendes Ribeiro. Para a liberação, foram analisadas pela prefeitura as questões legais e as possibilidades de interferência na estética e na segurança do trânsito da cidade.

A implantação de melhorias técnicas e inovações tecnológicas, como é o caso dos painéis eletrônicos, já estava prevista no Edital de Concessão. A própria possibilidade de instalação de equipamentos de telecomunicações, tecnologia da informação, localização ou entretenimento, como a já autorizada instalação de antenas para sinal 5G, desde que respeite as medidas e termos definidos, também constam no contrato. 

Novas placas de rua - A concessão assinada entre a prefeitura e o Grupo Imobi, vencedor da concorrência, prevê a instalação de 82,4 mil placas de rua em todas as regiões de Porto Alegre em até 36 meses. Ao todo, já foram instaladas mais de 7,5 mil. Com investimento 100% privado, a concessão prevê, além da instalação, a manutenção dos equipamentos pelos próximos 20 anos. 

Através da concessão, a prefeitura, em parceria com o Grupo Imobi, vem incentivando projetos que visam à conscientização de pautas importantes. Um exemplo é a campanha Outubro Rosa: Não vamos deixar passar em branco, que coloriu de rosa placas de rua da Capital, além de ações em prol do desenvolvimento do comércio local de bairros como a Restinga e agora o chamado 4º Distrito, o que deve ser ampliado para outras regiões da cidade.

  

 

Orlando Adriano Moraes

Andrea Brasil