Saúde

Parceria viabiliza ferramenta para triagem de casos com Covid-19

15/04/2020 09:37
Divulgação SMSUrb/ PMPA
SMSURB
Nos casos em que é necessário o direcionamento médico, a unidade é indicada por geolocalização

Entrou em operação nesta quarta-feira, 15, um robô desenvolvido com seis perguntas para fazer a triagem das pessoas com possíveis sintomas de coronavírus antes de elas irem a um posto de atendimento. A ferramenta é ativada em covid.zenvia.com. A solução foi viabilizada por parceria entre a Prefeitura de Porto Alegre, as empresas de tecnologia Zenvia e Neoway e o TelessaúdeRS-Ufrgs, junto com a Secretaria Municipal de Saúde. Para que a tecnologia fosse criada, a Zenvia buscou também o apoio do Ministério da Saúde, que disponibilizou a base de geolocalização das unidades de saúde, aprimorada pela Neoway. “A prefeitura sempre buscou inovar, como no caso do telessaúde, que zerou filas de espera por especialistas, a utilização de drones para desinfecção de locais públicos e parceria para aplicar produtos especiais em paradas de ônibus e outros locais de aglomeração, por exemplo. Esta é mais uma solução para melhorar nosso atendimento em saúde e ajudar a prevenir a disseminação da doença em Porto Alegre” ressalta o prefeito Nelson Marchezan Júnior.

A ideia é que pessoas sem suspeita de infecção, ou somente com sintomas leves, não precisem realizar uma consulta presencial. Nos casos em que é necessário o direcionamento médico, a unidade é indicada por geolocalização. O secretário adjunto de Saúde, Natan Katz, afirmou que a ferramenta servirá para auxiliar a população na busca dos serviços orientando pacientes com base em critérios técnicos. “O sistema evitará deslocamentos desnecessários, fazendo com que o paciente se dirija ao local onde terá o atendimento adequado com oferta de serviços que atendem a necessidade”, declara.

“Criamos essa solução para fazer a triagem, com protocolo de medicina aplicado à saúde pública, e chegamos àquele mais objetivo para o direcionamento. Com a expansão da pandemia, por mais que a curva seja reduzida, as pessoas tendem a procurar o apoio de saúde sem precisar e acabam contaminadas”, diz o CEO da Zenvia, Cassio Bobsin. Casos potencialmente graves também podem ser alertados para procura imediata de um serviço de saúde. O protocolo foi desenvolvido pelo grupo de telemedicina da Ufrgs e pelos técnicos da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre, em total acordo com as orientações do Ministério da Saúde para o enfrentamento da pandemia.

Para mais informações sobre o coronavírus, clique aqui.

Veja aqui as últimas notícias sobre a pandemia.

 

 

Neemias Freitas

Fabiana Kloeckner

Acompanhe a prefeitura nas redes