Saúde apresenta relatório de gestão do terceiro quadrimestre

28/02/2023 16:08
Cristine Rochol/PMPA
SMS
Secretário Sparta fez a prestação de contas das ações, serviços e recursos geridos

O relatório de gestão da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) referente ao terceiro quadrimestre de 2022 foi apresentado nesta terça-feira, 28, em audiência pública virtual da Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam) da Câmara Municipal.

Acompanhado de diretores da pasta, o secretário Mauro Sparta fez a prestação de contas das ações, serviços e recursos geridos, além de mostrar o monitoramento dos resultados obtidos de setembro a dezembro (veja aqui o relatório).

As ações do período foram direcionadas, em especial, ao enfrentamento da varíola pelo vírus monkeypox, a partir da confirmação do primeiro caso na Capital, em 13 de junho, e da transmissão comunitária, divulgada em 5 de agosto. Em 2022, foram notificados 944 casos suspeitos e 188 casos confirmados da doença. O último caso confirmado foi em 20 de dezembro.

Covid-19 - Com relação ao novo coronavírus (Covid-19), até 26 de fevereiro foram confirmados 477.795 casos, com 10.123 óbitos e taxa de ocupação de UTI em 87,5%. Com segundo reforço, a cobertura vacinal é de 44,94% da população da Capital, com 739.834 doses administradas. No último quadrimestre, foram instituídas as vacinas da Pfizer Baby para crianças entre 6 meses e menores de 3 anos.

Escorpiões e dengue - Equipes da Diretoria de Vigilância em Saúde capturaram 429 escorpiões amarelos, com um acidente notificado. Com relação à dengue, Zika vírus e chikungunya, ocorreram ações intersetoriais ambientais e educativas para controle vetorial. Foram confirmados 4.631 casos de dengue em moradores de Porto Alegre, sendo 3.891 autóctones, com quatro óbitos no ano.

Na Atenção Primária, a Capital possui 133 unidades de saúde (115 contratualizadas, cinco próprias e 13 conveniadas) e uma unidade móvel. São cinco equipes de Consultório na Rua, sete equipes de saúde prisional, uma equipe multidisciplinar indígena e dois ambulatórios para atendimento de pessoas transexuais. Porto Alegre possui 299 equipes de saúde da família e 46 de atenção primária, totalizando 345 equipes. No âmbito do Programa Saúde na Hora, 39 unidades de saúde possuem 12 horas ou mais de atendimento e 16 atuam até as 22h. Entre os indicadores do Prometa, destaque para o registro do mais baixo coeficiente de mortalidade infantil (7,7, quando a meta era 8,5).

SUS - O relatório destaca ainda o financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS), contabilizado ingressos, investimentos e despesas, entre recursos federais, municipais e estaduais. Nas obras, foram concluídas reformas no Centro de Especialidades Odontológicas Santa Marta, na Equipe Especial de Saúde da Criança e do Adolescente Camaquã, na farmácia de Medicamentos Especiais e no auditório da sede da SMS. Estão em execução melhorias no raio-X odontológico do santa Marta, no Centro de Atenção Psicossocial Harmonia e no Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (impermeabilização da cobertura, elevadores do bloco C e elevador-maca do bloco A).

O documento informa ações nas áreas de Atenção Primária, Saúde Mental, Regulação, Atenção Hospitalar e Urgências, Assistência Farmacêutica e Laboratorial, Ações Específicas e Vigilância em Saúde. Também trata da atuação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Atenção Domiciliar, Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas (HMIPV), Hospital de Pronto Socorro (HPS) e Ouvidoria.

Samu e leitos - No Samu, destaque para a aquisição de 13 compressores torácicos automáticos que possibilitam uma reanimação mais efetiva, melhorando as chances de sucesso. No quadrimestre, foram realizados 14.655 atendimentos. No HMIPV, ocorreram 2.649 internações, 447 partos normais (61,9%), 274 cesarianas (38,1%), 7.932 exames de imagem e 3.423 consultas. A taxa de ocupação geral de leitos ficou em 89,4%. No HPS, a taxa de ocupação operacional geral foi de 83,19, com 881 atendimentos diários. A taxa de cirurgia de urgência e emergência foi de 58,12 e o percentual de atendimentos de moradores de Porto Alegre foi de 75,81%.

Transmitida pela plataforma Zoom, a audiência foi conduzida pelo vereador José Freitas, presidente da Cosmam. O encontro virtual contou com a participação da coordenadora da Assessoria de Planejamento, Monitoramento e Avaliação, Kelma Soares; da diretora de Atenção Primária, Caroline Schirmer; do diretor do HMIPV, Cincinato Fernandes; da diretora do HPS, Tatiana Breyer; vereadores Aldacir Oliboni, Cláudia Araújo - integrantes da Cosmam -, Mônica Leal e Tanise Sabino, trabalhadores da SMS e integrantes de entidades da área.

Vanessa Conte

Cristiano Vieira

Acompanhe a prefeitura nas redes