Homem é preso por maus-tratos a animal no bairro Rubem Berta

08/03/2022 16:05
Divulgação/Polícia Civil
SEGURANÇA
Ação foi motivada por denúncia
Uma ação conjunta entre Guarda Municipal e a Polícia Civil resultou na prisão em flagrante, nesta terça-feira, 8, de um homem de 34 anos, suspeito de praticar maus-tratos contra uma cachorra no bairro Rubem Berta, Zona Norte de Porto Alegre. A ação foi realizada após denúncia anônima recebida pela Secretaria Municipal de Segurança e Gabinete da Causa Animal. A cadela, que tem aproximadamente três anos, sem raça definida e batizada de Pretinha, vinha sendo alvo de maus-tratos.
 
Nesta tarde, agentes da Ronda Ostensiva (Romu) da Guarda Municipal e policiais da 2ª Delegacia de Polícia, estiveram no local averiguando as condições do animal. A cadela estava presa, em uma área confinada, sem água e comida e apresentava sinais de maus-tratos. Um vídeo enviado aos órgãos de segurança, onde o animal aparece sendo agredido, embasou a ação.
 
A 2ª DP conta com o selo de amiga dos animais. “Mais uma vez, os órgãos de segurança atuaram de forma integrada para auxiliar na redução da criminalidade. Neste caso, a ação envolveu maus-tratos em animais. Assim como o Gabinete da Causa Animal, a Guarda Municipal também recebe estas denúncias e vem atuando para coibí-las”, afirmou o secretário-adjunto de Segurança, Comissário Zottis.
 
Após o flagrante, o suspeito foi encaminhado para o sistema prisional. O crime de maus-tratos pode resultar em pena de dois a cinco anos de prisão. A cadela Pretinha já foi levada para um lar temporário para cuidados veterinários.
 
Denúncias podem ser feitas pelos telefones 153 e 156.

  

 

Lucas Rivas

Lucas Barroso