Prefeitura abre Ginásio do Demhab como abrigo emergencial devido à elevação do Guaíba

19/11/2023 20:20

Na noite deste domingo, 19, a prefeitura abriu o Ginásio do Departamento Municipal de Habitação (Demhab), no bairro Santana, como ponto emergencial de acolhimento para os atingidos pela cheia do Guaíba. A estrutura é coordenada pela Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc), com apoio da Defesa Civil, Demhab e demais órgãos do município.

Oito moradores das Ilhas - seis adultos e duas crianças - foram recebidos no local. O acolhimento é necessário devido à elevação do nível do Guaíba, que atingiu 2,67 metros na noite deste domingo, no Cais Mauá. A cota de alerta é de 2,50 metros e de inundação 3,00 metros.

Em reunião da Comissão Permanente de Atuação em Emergências (Copae) conduzida pelo vice-prefeito Ricardo Gomes neste domingo, ficou definido que o monitoramento do nível do Guaíba será constante até a eliminação total do risco de inundação.

A Defesa Civil segue observando todas as regiões que possam ser afetadas pelo escoamento das águas dos afluentes do Delta do Jacuí e as banhadas pelo Guaíba.

Recomendações - A prefeitura orienta que todos os moradores de regiões propensas a inundações (beiras de rios e arroios) ao primeiro sinal de alagamento:

- Coloque os móveis, eletrodomésticos e demais objetos em lugares altos e documentos e objetos de valor em um saco plástico fechado e em local protegido;

- Desligue aparelhos elétricos e eletrônicos;

- Retire o lixo e leve-o para áreas não sujeitas a enchentes e não jogue no córrego, para não obstruir a passagem de água;

- Evite o contato direto com a água contaminada da enchente, pois ela pode provocar doenças;

- Se estiver em local seguro, procure não se deslocar; não atravesse ruas alagadas, pois você pode ser arrastado pela água;

- Não deixe crianças brincando na enxurrada ou nas águas dos córregos, pois elas podem ser levadas pela correnteza ou contaminar-se, contraindo doenças graves, como hepatite e leptospirose;

- Se o nível de água estiver subindo, vá com sua família para um lugar seguro;

- Antes de tudo, salve e proteja vidas. Tente convencer as pessoas que moram em áreas de risco a irem pra local seguro.

Em caso de dúvidas e emergências, ligue para a Defesa Civil (199) ou Corpo de Bombeiros (193).

 

Cristiano Vieira

Acompanhe a prefeitura nas redes