Meio Ambiente e Sustentabilidade

Dia do Meio Ambiente: Webinar terá especialistas em mudanças climáticas Nobel da Paz

05/06/2020 08:42
Jefferson Bernardes/Arquivo PMPA
COMUNICAÇÃO
Seminário reunirá referências nacionais e internacionais na temática climática e de planejamento urbano

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta sexta-feira, 5, a Prefeitura de Porto Alegre promove o webinar “Planejamento Urbano e Mudanças Climáticas”. O seminário on-line, que ocorre das 10h às 12h, com transmissão ao vivo pelo Canal da Prefeitura no Youtube, reunirá referências nacionais e internacionais na temática climática e de planejamento urbano. 

Dois integrantes da equipe do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), que ganhou o Nobel da Paz em 2007, o cientista Carlos Nobre e a vice-presidente da entidade, Thelma Krug; o arquiteto e urbanista Claudio Acioly Jr.; a especialista sênior em políticas públicas do Observatório do Clima, Suely Araújo; e o gerente de projetos do Iclei América do Sul, Igor Reis de Albuquerque, integram a programação da atividade da 36ª Semana do Meio Ambiente de Porto Alegre.

O secretário do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams), Germano Bremm, destaca que o tema do webinar está alinhado com a estratégia da prefeitura de integrar a política climática ao planejamento urbano, a partir da revisão do Plano Diretor (PD). “A inclusão das diretrizes dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU na revisão do PD, com a cooperação técnica do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, contempla esta temática, fundamental para tornar Porto Alegre uma cidade cada vez mais resiliente e de baixo carbono”, explica. Esta estratégia de integração das políticas, lembra Bremm, foi determinante para a recente seleção da Capital para projeto-piloto do Google.org e do Iclei América do Sul de planejamento climático. Saiba mais aqui.  

A coordenadora da Unidade de Educação Ambiental da Smams, Cibele Carneiro, destaca que a 36ª Semana do Meio Ambiente de Porto Alegre não poderia passar em branco devido à necessidade de distanciamento social. “Tradicionalmente, temos diversas atividades lúdicas, com reunião de pessoas, na semana que inclui o Dia Mundial do Meio Ambiente. Este ano, fomos forçados a nos reinventar rapidamente e estamos promovendo um seminário on-line, com baixíssimas emissões de gases de efeito estufa, e com convidados cujas contribuições valem por uma semana de atividades”, explica. 

Programação

- 10h05: Abertura – Germano Bremm, secretário Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade 

- 10h20: Igor Reis de Albuquerque, gerente de projetos do ICLEI América do Sul 

- 10h40: Suely Araújo, especialista sênior em políticas públicas do Observatório do Clima 

- 11h: Thelma Krug, vice-presidente do IPCC

- 11h20: Claudio Acioly Jr., arquiteto e urbanista

- 11h40: Cientista Carlos Nobre

- 12h: Encerramento

Conheça os palestrantes:

Carlos Nobre: Climatologista brasileiro, é engenheiro pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (1974), doutorado em meteorologia pelo Massachusetts Institute of Technology (1983), membro estrangeiro da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos e membro da Academia Brasileira de Ciências e da Academia Mundial de Ciências. Dedicou sua carreira científica principalmente à Amazônia e à ciência climática. Lançou há 30 anos a hipótese de “savanização” da Amazônia e vem estudando os riscos do desmatamento, das mudanças climáticas e do aumento dos incêndios para a floresta. Exerceu as funções de secretário de Políticas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência e Tecnologia, foi presidente da Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), criou o Centro de Ciência do Sistema Terrestre do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden). Foi um dos autores do IPPCAR4, premiado com o Nobel da Paz em 2007.

Thelma Krug: Pesquisadora titular aposentada do Inpe. É matemática, com doutorado em Estatística Espacial pela Universidade de Sheffield, Inglaterra. Foi chefe da Divisão de Sensoriamento Remoto e Coordenadora Geral de Observação da Terra do Inpe; secretária adjunta na Secretaria de Políticas e Programas de Ciência e Tecnologia do então Ministério da Ciência e Tecnologia; secretária nacional na Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente (MMA); e diretora do Departamento de Políticas para Combate ao Desmatamento do MMA. De 2002 a 2015, presidiu a Força-Tarefa em Inventários Nacionais de Gases de Efeito Estufa do Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima, tendo sido eleita vice-presidente da entidade em outubro de 2015, com mandato até 2022. Por mais de 15 anos, representou o Brasil nas negociações internacionais na Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, faz parte do rol de especialistas da Convenção do Clima e participa da revisão de inventários de gases de efeito estufa, comunicações nacionais, relatórios bienais e REDD+. 

Claudio Acioly Jr.: Arquiteto e urbanista, especializado em habitação, urbanização de favelas, e gestão do desenvolvimento urbano com mais de 35 anos de experiência adquiridos em mais de 30 países. Trabalhou com o gerenciamento e execução de programas de habitação e políticas urbanas junto ao PNUD, Banco Mundial, ONU-Habitat, Comissão Econômica das Nações Unidas para a Europa, Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe, GIZ, União Europeia, agências de cooperação bilaterais e multilaterais. Nos últimos 12 anos, atuou como expert em habitação e gerente sênior do ONU-Habitat, o Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos, dirigindo os trabalhos de Política de Habitação e Urbanização e Regularização Assentamentos Informais (Favelas), Desenvolvimento de Capacidade e Fortalecimento Profissional e o Programa das Nações Unidas para o Direito à Habitação Adequada. Liderou iniciativas de localização da Agenda 2030 e o ODS 11 em cidades da América Latina e, recentemente, exerceu a função de gestor de programas da Agência Alemã de Cooperação Internacional na América Latina e diretor do Programa da União Europeia para Cooperação Urbana Internacional na América Latina.

Suely Araújo: Urbanista e advogada, é especialista sênior em políticas públicas do Observatório do Clima. Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Brasília (UNB) e em Direito pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília, é mestre e doutora em Ciência Política pela UNB, com pesquisas nas áreas de políticas públicas e estudos legislativos. Consultora Legislativa da Câmara dos Deputados desde 1991, com atuação nas áreas de meio ambiente e direito ambiental, urbanismo e direito urbanístico, foi presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). É pesquisadora colaboradora plena e professora voluntária no Instituto de Ciência Política da UNB e professora no mestrado em administração pública do Instituto Brasiliense de Direito Público. 

Igor Reis de Albuquerque: É gerente de projetos do Iclei América Latina, bacharel em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Mestre em Gestão de Carbono pela Universidade de Edimburgo. Há 13 anos, dedica-se à agenda de Mudança do Clima, com experiências no Brasil, Reino Unido, Colômbia e Argentina. Foi responsável pela coordenação técnica de mais de dez inventários de emissões de gases de efeito estufa, sendo certificado pelo programa do Banco Mundial - City Climate Planner. Desde 2013, participa da gestão técnica de 12 Planos de Ação Climática. Há sete anos integra o projeto Sistema de Estimativa de Emissões de Gases de Efeito Estufa (SEEG) no setor de resíduos. 

 

 

Aline Czarnobay

Taís Dimer Dihl

Acompanhe a prefeitura nas redes