Estudo avalia as necessidades de capacitação dos profissionais de setores criativos

19/04/2024 13:24
Vinny Vanoni / PMPA
COMUNICAÇÃO
Segmento criativo engloba artes, entretenimento, design, moda, tecnologia, mídia, produção audiovisual, arquitetura e gastronomia

Está no ar uma pesquisa que irá mapear as necessidades de qualificação dos profissionais que atuam em setores criativos de Porto Alegre (clique aqui para responder). Realizado pelo Comitê de Economia Criativa (Cmec), o levantamento é conduzido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Smdet), PUCRS e Feevale. A pesquisa estará disponível por 30 dias.

O segmento criativo engloba artes, entretenimento, design, moda, tecnologia, mídia, produção audiovisual, arquitetura e gastronomia. O setor criativo está entre os dez maiores do país e supera indústrias tradicionais como têxtil, farmacêutica e de eletroeletrônicos. Os dados da pesquisa também têm a intenção de orientar a proposição de políticas públicas e soluções para os setores envolvidos. 

A pesquisa tem o objetivo de incentivar a geração de conhecimento e o mercado de produtos ou serviços, ampliando a participação das indústrias criativas no PIB local. A capital gaúcha emprega 125,6 mil pessoas na economia criativa. Cerca de 88% dos empreendimentos de Porto Alegre são microempresas, empresas de pequeno porte ou MEIs e, em média, cada empreendimento deste gera 7,5 postos de trabalho.


  

 

Hosana Aprato

Andrea Brasil

Acompanhe a prefeitura nas redes