Educação

Escolas municipais recebem termômetros digitais de testa

06/10/2020 14:24
Adriano Amaral/Smed PMPA
EDUCAÇÃO
Equipamento reforçará o conjunto de materiais já enviados pela prefeitura como medida de enfrentamento à pandemia
As escolas da rede municipal de ensino recebem, nesta semana, um primeiro lote, de cem termômetros, sendo pelo menos um para cada instituição. A Secretaria Municipal de Educação (Smed) já realizou a aquisição de mais 526 unidades, que deverão ser distribuídas assim que entregues pelo fornecedor. O equipamento reforçará o conjunto de materiais já enviados pela mantenedora como parte das medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. As instituições também receberam uma verba extra de R$ 2,5 milhões para compra de produtos de proteção à Covid-19.   
 
Os termômetros digitais de testa são utilizados para medir a temperatura de alunos e educadores ao ingressarem na escola, já que a febre é um dos sintomas de infecção pelo vírus. Em setembro, a Smed repassou o recurso de R$ 2,5 milhões destinado à aquisição de itens como papel toalha, álcool em gel ou líquido, sabonete líquido, máscaras, termômetros e luvas descartáveis. Em junho, a secretaria encaminhou para cada instituição um kit com dez frascos de álcool em gel, 128 rolos de papel higiênico, dez fardos de papel toalha, 40 frascos de sabonete líquido, 40 litros de álcool líquido 70% e 15 unidades de protetores faciais, conhecidos como face shields. Mesmo com a suspensão das atividades presenciais, os repasses trimestrais foram mantidos integralmente.
 
Para a reabertura das escolas públicas municipais, são exigidos o preenchimento do formulário de monitoramento semanal e da autodeclaração de conformidade sanitária e a implementação do plano de contingência conforme o decreto municipal 20.747/01/10/2020. O controle é feito pela Smed em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde, as Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica, a diretoria de Atenção Primária e as Unidades de Saúde de referência por meio da Central de Monitoramento das Escolas. A prefeitura ainda disponibiliza no site do coronavírus o Guia de Voltas às Aulas, com todas as orientações, legislação e materiais de comunicação visual.
 
O cronograma de retorno às aulas presenciais nas redes pública e privada proposto pela prefeitura e acordado com o governo do Estado e o Ministério Público teve início nessa segunda-feira, 5. Estão autorizadas a retomar as atividades a educação infantil, o 3º ano do ensino médio, a educação profissional e a Educação de Jovens e Adultos (EJA). A oferta de alimentação ocorre sempre na semana anterior, como período de adaptação à retomada após seis meses de suspensão das atividades.

Para mais informações sobre o coronavírus, clique aqui.
Veja aqui as últimas notícias sobre a pandemia.
 
Cristina Lac

Gilmar Martins

volta às aulas em porto alegre

Acompanhe a prefeitura nas redes