Estamos migrando o conteúdo do antigo portal da PMPA. Se não encontrar o que está procurando, tente visitar o site antigo (link abre em nova janela).
Fazenda

Receita Municipal moderniza o sistema de arrecadação

22/08/2019 12:30
SMF/PMPA
FAZENDA
Contribuinte pode solicitar por Whatsapp o recebimento de guias de pagamento parcelado por e-mail

Dentro da política de qualificar a cobrança adotada pelo governo municipal, a Secretaria da Fazenda (SMF) está trabalhando com um novo sistema que permite a inclusão dos bancos digitais como agentes arrecadadores do Município. O objetivo é facilitar o recolhimento por parte de contribuintes correntistas dessas instituições.                                                                                                            No último dia 9, foi publicado no Diário Oficial de Porto Alegre  (Dopa) a legislação que moderniza o Sistema de Arrecadação das Receitas Municipais (Sarem). Também foi disponibilizada a opção pelo recebimento de guias de parcelamento por e-mail, para uma maior efetividade na arrecadação e redução de despesas do Município com os correios.
                                                                                                                                                                       
Ao realizar um parcelamento, o requerente já pode optar pelo recebimento mensal das parcelas por e-mail. Caso já possua um pagamento parcelado, o contribuinte pode migrar para o recebimento eletrônico, bastando entrar em contato com a Receita Municipal e solicitar a alteração pelo WhatsApp (51) 99348-9424 ou pelo e-mail atendimentofazenda@portoalegre.rs.gov.br.

Conforme o diretor da Divisão de Arrecadação e Cobrança da Receita Municipal da Secretaria da Fazenda, Rodrigo Fantinel, a estratégia de cobrança já recuperou R$ 126 milhões em 2019 e gerou uma carteira de parcelamentos de outros R$ 271 milhões, com 78 mil acordos ativos. Estima-se que os parcelamentos proporcionarão uma receita adicional de R$ 95 milhões até o final do ano.
 
Porto Alegre lidera o ranking de arrecadação de dívidas tributárias entre as capitais, sendo referência em recuperação de créditos e modelo para municípios do Rio Grande do Sul e também de outros estados, que têm buscado a metodologia e experiência da Receita Municipal da capital gaúcha. A Divisão de Arrecadação e Cobrança da SMF contabilizou o ingresso de mais de R$ 205 milhões em 2018. A meta é atingir os R$ 240 milhões até o final de 2019.
 

Adriana Ferrás

Rui Felten