Guarda Municipal registra aumento de 36% nas prisões no primeiro semestre

02/07/2022 08:41

A Guarda Municipal de Porto Alegre fechou o primeiro semestre deste ano com aumento de 36% de prisões em relação ao mesmo período de 2021. De janeiro a junho, 87 pessoas foram detidas em 72 ocorrências atendidas. Já nos primeiros seis meses do ano passado, as 50 ações atendidas resultaram em 64 prisões.

Do total no primeiro semestre deste ano, 14 prisões ocorreram diretamente envolvendo o furto e roubo de fios e cabos de energia elétrica. As outras detenções envolveram captura de foragidos, furtos em geral, pichação, embriaguez ao volante, Lei Maria da Penha, prática irregular de flanelinha, entre outros.

“Cada vez mais, estamos atuando no enfrentamento da criminalidade integrado às forças policiais. Esta mudança de postura da gestão, fortalecendo a Guarda Municipal, tem como foco o bem-estar da população”, destacou o secretário municipal de Segurança, coronel Mário Ikeda.

A maior parte das prisões ocorreu no bairro Praia de Belas, com 18 ocorrências. No Centro Histórico, outras sete abordagens resultaram em detenções. As demais ações foram registradas em bairros como Farroupilha, Navegantes, Partenon, Azenha, Rio Branco, Nonoai, Lomba do Pinheiro, Menino Deus e Agronomia, entre outros.

Efetivo reforçado – O primeiro semestre de 2022 também foi marcado por novos investimentos e reestruturação da Guarda Municipal. Ao todo, 300 pistolas e mais dez carabinas foram incorporadas ao efetivo, assim como 20 novas viaturas. A administração municipal também abriu concurso com mais de 30 vagas para o setor.

 

Lucas Rivas

Lissandra Mendonça