Executivo

Prefeitura orienta idosos a cumprirem distanciamento social

25/03/2020 16:45
Alex Rocha/PMPA
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
Idosos só devem sair às ruas em casos realmente importantes

Um dia antes de entrar em vigor a cobrança de multas acerca do descumprimento do regramento para distanciamento social, idosos que circulavam pela região central de Porto Alegre foram orientados pela prefeitura a permanecerem em casa e evitarem o contágio do coronavírus. A ação ocorreu na tarde desta quarta-feira, 25, devido à determinação do decreto 20.528. O documento estipula que o deslocamento de pessoas com 60 anos ou mais pelas ruas da Capital será permitido somente em casos de atendimento médico e hospitalar, exames laboratoriais, vacinação, compras de produtos alimentícios e idas às farmácias. A medida passa a valer a partir desta quinta-feira, 26, com prazo de 30 dias, e multará quem descumprir a norma. O prefeito Nelson Marchezan Júnior tem assinado decretos no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa), a fim de garantir segurança à população durante o período de ameaça da Covid-19.

"Esta medida é muito difícil e restritiva. Exatamente ao contrário de tudo que a gente prega, que as pessoas ocupem os espaços públicos, que os idosos caminhem e se divirtam. Esta medida determina o isolamento social dos idosos, que eles permaneçam em suas casas, que saiam apenas para realizar atividades estritamente necessárias. É duro, mas é o certo no momento", explica Marchezan.

Com caráter educativo e preventivo, a operação foi conduzida por agentes da Diretoria de Fiscalização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), com apoio da Guarda Municipal. Durante o dia, os fiscais estiveram também nos bairros Bom Fim, Menino Deus, Moinhos de Vento e no entorno das farmácias que estão aplicando a vacina contra a gripe em idosos. “Tivemos uma boa recepção do público e orientamos quanto aos riscos de permanecer nas ruas. Todos os idosos abordados receberam cópias do decreto para se apropriar ainda mais do tema”, destaca o secretário interino de Desenvolvimento Econômico, Leandro Balardin.

Multa - Pessoas que descumprirem a restrição de circulação ficarão sujeitas à multa, que varia de 1 a 100 na escala da Unidade Fiscal de Referência (UFR) e terá valor máximo de R$ 429,20.

A regra de distanciamento social não se aplica aos trabalhadores da área da saúde, segurança e demais serviços essenciais.

Para mais informações sobre coronavírus, clique aqui.

Veja aqui as últimas notícias sobre a pandemia

 

 

Juliane Soska

André Malinoski

Acompanhe a prefeitura nas redes