Infraestrutura e Mobilidade Urbana

Obra no corredor da avenida João Pessoa começa nesta semana

25/05/2020 08:33
Cristine Rochol / PMPA
SMSURB
Prazo de conclusão previsto é de doze meses

O corredor de ônibus da avenida João Pessoa começa a receber nova pavimentação nesta semana. A ordem de início das obras e o contrato foram assinados na sexta-feira, 22. A execução dos cerca de 50% restantes da obra que estava prevista para a Copa do Mundo de 2014 foi viabilizada pela prefeitura após resolução de entraves jurídicos e financeiros, o cumprimento de recomendações do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) e a realização de uma nova licitação. Para a finalização, serão investidos R$ 4.168.439,03, provenientes de financiamento do Banrisul e do Município. O prazo de conclusão previsto é de doze meses.

“O corredor receberá um novo pavimento rígido, adequado para resistir ao grande fluxo e volume de carga dos coletivos que ali circulam. Estamos investindo na melhoria viária da cidade, com recursos já contratualizados e investimentos já gravados”, destaca o prefeito Nelson Marchezan Júnior, ressaltando que a prefeitura enfrentou uma série de dificuldades e atua desde 2017 para viabilizar a retomada e conclusão das obras da Copa. “É mais uma obra que conseguimos retomar, não no tempo que o cidadão porto-alegrense merecia, mas agora estão vencidos os entraves e podemos, finalmente, contratar a finalização dessa importante melhoria na mobilidade urbana da Capital”, ressalta.

A Sultepa é a empresa responsável por terminar os serviços de pavimentação em concreto no trecho de aproximadamente 2,2 quilômetros entre a avenida Bento Gonçalves e a rua Desembargador André da Rocha. A empresa tem o prazo de sete dias para iniciar os trabalhos. “Além de fazer a substituição da pavimentação asfáltica existente, já deteriorada pelo uso, a prefeitura também incluiu que a empresa faça os reparos apontados pela fiscalização no trecho entregue anteriormente”, acrescenta o secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo Gazen. 

Histórico - A obra começou em setembro de 2012. A previsão inicial de término era setembro de 2013. Os trabalhos pararam de ser executados em junho de 2014. Foram realizados apenas 50% dos serviços previstos. Em 2015, o consórcio de empresas responsável até chegou a corrigir parte do pavimento que apresentou defeito. No entanto, em maio de 2016, a prefeitura cancelou o contrato devido a dificuldades financeiras da contratada que passava por recuperação judicial e não cumpriu com a atualização de documentos exigida. Uma nova licitação foi lançada em setembro de 2019. Em janeiro, foi conhecido o resultado. Após atendimento das recomendações do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), o contrato foi assinado e após a documentação entregue, a ordem de início foi firmada entre a empresa e a prefeitura.


  

 

Isabel Lermen

Taís Dimer Dihl

Acompanhe a prefeitura nas redes