Parcerias Estratégicas

Sustentabilidade é um dos pilares da concessão do Harmonia e do trecho 1 da Orla

19/07/2020 18:35
Jefferson Bernardes/PMPA
ORLA
Licitação está marcada para 31 de agosto

O edital de concessão do Parque Harmonia e do trecho 1 da Orla, lançado no dia 3, tem como uma das premissas básicas a preservação das áreas verdes e a realização de projetos sustentáveis. A licitação está marcada para 31 de agosto e tem como critério de julgamento o maior valor de outorga, tendo como lance mínimo R$ 200 mil. 

“A concessionária que assumir a gestão dos dois espaços deverá priorizar o conceito de sustentabilidade, atentando para o mínimo impacto ao meio ambiente e à paisagem do lago Guaíba, bem como à qualidade de vida e bem-estar da fauna silvestre”, explica o secretário municipal de Parcerias Estratégicas, Thiago Ribeiro. 

O edital, construído com apoio do Instituto Semeia, prevê um investimento de cerca de R$ 30 milhões para a construção de infraestrutura obrigatória e reformas no Parque Harmonia. Além disso, há a previsão de outras edificações que poderão ser levantadas pelo concessionário. As intervenções podem ser distribuídas por toda extensão do parque, entretanto, a taxa de ocupação máxima permitida não poderá ultrapassar 20% dos 168 mil metros quadrados do local. 

Ribeiro destaca ainda que a arquitetura das construções deve ser pensada com premissas sustentáveis, com intervenção mínima ao meio ambiente e paisagem. “Todos os elementos vegetais e componentes das áreas verdes pertencentes à concessão deverão ser mantidos em adequado estado de conservação”, afirma.

O edital prevê ainda a realização de campanhas de sensibilização, conscientização, disseminação de boas práticas e orientação aos usuários e colaboradores, de modo a estimular a preservação dos ambientes naturais e a redução do volume de resíduos produzidos. 

 

 

Aline Rimolo

Gilmar Martins

coronavirus-cartao-social.png

Acompanhe a prefeitura nas redes