Sa√ļde confirma 1.526 casos de dengue em Porto Alegre em 2024

09/04/2024 14:09

Porto Alegre tem 1.526 casos confirmados de dengue em 2024. Do total, 1.253 foram contra√≠dos na cidade (aut√≥ctones), 216 s√£o importados (infec√ß√£o fora da cidade) e 57 n√£o t√™m local de infec√ß√£o determinado. O total de ocorr√™ncias suspeitas notificadas √† Equipe de Vigil√Ęncia de Doen√ßas Transmiss√≠veis da Secretaria Municipal de Sa√ļde (SMS) alcan√ßa 15.178 at√© 6 de abril. Em 2023, no mesmo per√≠odo, foram 1.973 notifica√ß√Ķes e 956 casos confirmados.

Os dados est√£o no boletim epidemiol√≥gico¬†publicado na segunda-feira, 8, pela Diretoria de Vigil√Ęncia em Sa√ļde da SMS. O levantamento apresenta informa√ß√Ķes cumulativas at√© a semana epidemiol√≥gica 14 de 2024.

A faixa etária dos 21 a 30 anos ainda mantém a maior proporção dos casos confirmados (272 casos, ou 17,8%), e a maioria dos pacientes são do sexo feminino (816 casos ou 53,4%). Os principais sintomas relatados são febre (em 93,9% dos casos), seguidos por mialgia (dor no corpo), cefaleia (dor de cabeça) e náuseas. Um óbito foi confirmado na cidade em decorrência da dengue. 

Bairros - H√° casos espalhados pela cidade inteira, mas com maior incid√™ncia nos bairros S√£o Jo√£o, S√£o Geraldo, Higien√≥polis e Pedra Redonda. A incid√™ncia equivale ao n√ļmero de casos por 100 mil habitantes - por isso, um bairro com popula√ß√£o menor, mesmo com baixo n√ļmero de casos, pode ser considerado de alta incid√™ncia. O boletim apresenta mapa de incid√™ncia para ilustrar a presen√ßa da dengue na cidade.¬†

O boletim epidemiológico é uma publicação prevista no Plano de Contingência da Dengue, Zika e Chikungunya da SMS. A partir desta semana epidemiológica 14, a publicação passa a ter periodicidade semanal, pois a SMS acionou o Nível 3 de Resposta do Plano (infestação vetorial alta somada à ocorrência de casos acima do limite superior esperado para o momento e ocorrência de óbito por dengue). 

Em rela√ß√£o √† infesta√ß√£o vetorial, o levantamento¬†registrou √≠ndice cr√≠tico, com alta ou muito alta infesta√ß√£o em 43 de 46 bairros monitorados com armadilhas. Acompanhe aqui a situa√ß√£o dos bairros.¬†Mais informa√ß√Ķes sobre a dengue e a infesta√ß√£o do mosquito Aedes aegypti em Porto Alegre est√£o no endere√ßo www.ondeestaoaedes.com.br.

 

Patrícia Coelho

Gilmar Martins