Guarda Municipal passa a utilizar câmeras corporais em Porto Alegre

24/06/2024 08:45

Os agentes da Guarda Municipal utilizam a partir desta segunda-feira, 24, câmeras corporais anexas às fardas. Os equipamentos, adquiridos pela Secretaria Municipal de Segurança (SMSEG) por meio do programa POA Segura, farão parte da rotina de todas as guarnições empenhadas no patrulhamento preventivo da cidade.

“Esta novidade dá segurança aos guardas municipais, auxiliando também na transparência das nossas ações. A implementação acontece depois de um longo período de estudos, especialmente nos exemplos bem sucedidos em estados como São Paulo e Santa Catarina”, afirma o secretário de Segurança, Alexandre Aragon.

O treinamento para a operação das câmeras - que permitem gravações contínuas de até 10 horas, em alta resolução - foi concluído na última terça-feira. Além da captação de imagens, os equipamentos permitem a gravação de áudio e possuem recursos de infravermelho, visão noturna e geolocalização.

“Estamos preparados para incluir as câmeras corporais na rotina dos agentes. Este é mais um passo importante no fortalecimento da Guarda Municipal, que cresceu muito nos últimos anos e pode contribuir cada vez mais no sistema de segurança da Capital”, ressalta o comandante-geral da Guarda Municipal, Marcelo Nascimento.

Tecnologia - Foram adquiridas 160 câmeras e oito centrais de carregamento, sob investimento de R$ 623 mil. As imagens serão armazenadas em servidores de acesso restrito, sem transmissão em tempo real. Desta forma, só há acesso externo aos arquivos mediante demanda.

POA Segura - Criado em 2021, o programa busca o reaparelhamento dos órgãos de segurança municipais. O orçamento é de R$ 60 milhões, fruto de financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Entre as próximas iniciativas, está a ampliação do Ceic-POA.

 

Aristóteles Júnior

Andrea Brasil